20 de jan de 2011

O Prefeito e seu Vice - Prefeito não têm Força Política.

Desde que o Prefeito José Carlos Augusto (DEM) e seu Vice-Prefeito Edivaldo Donizete de Morais (PSDB) assumiu a administração pública, o município está andando na contramão do desenvolvimento. A escassez de políticas habitacionais tem dificultado a vida dos moradores da Periferia da cidade, e o futuro da comunidade tem sido cada vez pautado em desilusão.
Na campanha de 2008, o Prefeito levantou a bandeira de construir mais de 400 casas populares, essa bandeira, lhe rendeu as eleições, já faz dois anos de administração, e até agora nada de construir as casas populares.
A promessa de campanha não cumprida pelo Prefeito e seu Vice-Prefeito Edivaldo Donizete de Morais (PSDB) está deixado à comunidade em maus lençóis, preocupados com o trabalho, escola de seus filhos, moradia em fim sua sobrevivência que antes essa preocupação era escassa com a promessa de campanha da Coligação União e Progresso, agora os munícipes estão preocupados novamente com a promessa ainda não cumprida pela Coligação União e Progresso.
Agora ficou ainda mais difícil para os moradores da cidade que ainda não têm sua casa própria, e luta por esse sonho, podemos até destacar a vida difícil que essa comunidade passa para ter sua casa própria, chegam até alimentar mal para economizar com o intuito de comprar seu terreno e realizar seu sonho, incoerente estão sendo o Prefeito e seu Vice-Prefeito Edivaldo Donizete de Morais (PSDB) não cumprindo a promessa de campanha.
E por falar em incoerência, veja quantos projetos de loteamento foram aprovados esses dois anos pela Câmara Municipal, com esse excesso de loteamento e o déficit habitacional em um município, segundo o IBGE, 37 mil habitantes, fica difícil os loteamentos não serem valorizados, com isso alguém sai no lucro, a comunidade que não é.
Mas a lei da oferta e procura, assim tem sido a fala de alguns Vereadores, para justificar seus erros, eles nunca moram em casa de aluguel, e não sabe o que os munícipes de baixa renda têm passado, são tantas dificuldades para pagar esse aluguel que assombram cada dia, cada noite.
Quando sonham em ter seus sonhos realizados apenas um cantinho para morar e criar seus filhos em paz, sem olhar para traz, aí vem um vereador dizer que a Lei da oferta e procura, incoerente esse vereador, que colaborou para esse excesso de loteamento aprovado na Câmara Municipal, essa atitude nada incoerente não está benéfica a comunidade, quem está sendo beneficiada ainda não sabemos, talvez a comunidade saberá nas próximas eleições.
Esse ano não vai ser fácil construir as casas populares, mais um ano que a comunidade vai ser deixada na mão, o Prefeito e seu Vice-Prefeito sem força política, na esfera Estadual e Federal, fica difícil os Governos Estadual e Federal, ver a agente aqui, com isso às casas populares fica cada vez mais longe do sonho da nossa comunidade

Nenhum comentário: