8 de mar. de 2011

Reproduzindo o texto CONTAS APROVADAS SEM RESSALVAS do blog do Zé Carlos.

No texto CONTAS APROVADAS SEM RESSALVAS, do blog do Zé Carlos, o Prefeito fala os seguintes dizeres (...). Fiquei muito contente está semana ao receber da Assessoria Jurídica da Prefeitura, o parecer favorável e sem nenhuma ressalva da aprovação das contas da Prefeitura referentes ao ano de 2009 pelo Tribunal de Contas do Estado. O prefeito fala se vangloriando que suas contas foram aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo. Queria ele, saber que, é obrigação do Gestor Público, ter suas contas aprovadas e não compromisso, uma vez que a Lei de Responsabilidade Fiscal é bem clara nesta questão.
O Governo Municipal tem feito um carnaval, em torno dessa notícia, notório, que o Gestor que investe tanto em marketing na mídia, para destacar, seu trabalho, que a mídia tem surpreendido para colocar os fatos em dia. E olhe que não têm sido fácil para mídia?
A comunidade de baixa renda precisa ficar atenta, enquanto a essas notícias vinculadas na mídia, e diante desse fato analisar o que é dever do Gestor Público, a comunidade precisa ficar atenta e fazer suas reflexões diante desse fato, analisar o que tem sido feito pela a administração pública, no tocante ao Tribunal de Contas ter aprovado as contas, referente ao exercício do ano de 2009 da administração pública.
Mais do que suas contas serem aprovadas, o Gestor Público eleito DEMOCRATICAMENTE, tem o dever e não o compromisso de ter suas contas aprovadas, todo ano se o mesmo prima pela transparência e legalidade de sua gestão, então, é dever do Gestor Público, ter suas contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, e não o compromisso, então não entendemos o porque, de tanta farra, será o carnaval. Há! Queremos saber os gastos do carnaval? Depois, também tem as contas do carnaval, para serem aprovadas pela Câmara Municipal?
A comunidade agora saberá fazer suas reflexões diante desse fato envolvendo as contas da administração pública, no exercício do ano de 2009, em ter sido aprovada, pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, até porque o fato mais importante desse marketing feito pela administração pública, em torno dessa notícia, é dever de toda administração pública e a mesma, precisa andar lado a lado, com a transparência, e primar pelo respeito ao dinheiro público dos pagadores de impostos, então a comunidade não vê o porquê desse marketing.
A comunidade diante dessa notícia envolvendo as contas do exercício do ano de 2009, da administração pública, os munícipes saberá analisar e avaliar o que foi feito nesses dois anos de administração do Prefeito José Carlos Augusto (DEM), a comunidade é inteligente e saberá tirar suas conclusões, sobre os investimentos na saúde, na educação, no esporte, na cultura, lazer, programas sociais, nos programas envolvendo nossos jovens e habitação.
Vejam vocês mesmos o tamanho do bolo e quem está comendo as cerejas, e analisem quantas cerejas estão por cima desse enorme bolo suculento, e façam vocês mesmos suas análises do Governo e veja o porquê as contas do Prefeito foi aprovada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo.

“Nenhum governo pode sustentar-se sem o princípio do temor bem como do dever. Os homens bons obedecerão a este último, mas os maus somente ao primeiro”. Thomas JeffersonCadê o pedaço do documento que foi cortado, o que havia no final desse documento, enviado pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo?

Nenhum comentário: