3 de abr de 2011

Somos nós que pagamos o “pato”, ou melhor, a festa:


Enquanto existem tantas necessidades e prioridades no Município de Guaíra, vem chegando mais uma festa no próximo mês: a Festa do Peão de Guaíra.
Se há uma coisa que não pode faltar é festa...essa tem que vir e agora pergunto: qual o custo da mesma?
Infelizmente, presumo que será com alto custo para a população. Tomando como base a festa do peão do ano passado creio que a deste ano o custo não será menor, talvez até maior. Quanto será que a Prefeitura irá arcar este ano com a Festa do Peão?
É errado ter festas? Claro que não, afinal o povo merece ter lazer, todavia, é preciso frear um pouco os gastos públicos, ter planejamento e saber aplicar os recursos de maneira que a população não fique desesperançosa, e deixada a mercê da sorte, ou da benevolência de terceiros.
Penso que se deve cuidar das nossas quadras esportivas, um tanto quanto esquecidas, dar uniformes para as crianças, adquirir ônibus zero quilômetros aos estudantes, comprar cestas básicas, cuidar da saúde em razão de queixas da falta de remédios e falta de médicos especialistas, entre tantas outras situações e reclamações que se tem ouvido aos quatro cantos de nossa cidade.
Ora, o que é mais importante? Ter lazer ou ter comida em casa? Ter lazer ou ter remédio? Ter lazer (com festas de pouca duração) ou ter lazer nas quadras esportivas com funcionalidade ( que poderia ser útil durante anos)?
Pode, com o devido planejamento, investir em festas sim, todavia, sem grandes gastos como vislumbra-se em cada evento na cidade.
Entendo ainda que, se não houvesse tanta promessa assumida em campanha eleitoral pelo atual Prefeito, e ainda não cumprida, seria realmente uma verdadeira festa a Festa do Peão, pois teríamos muito o que comemorar, poderia até se dizer que estaria “sobrando dinheiro” e não ter “nada para se fazer na cidade” (ao invés do “País das Maravilhas”, estaríamos na “Cidade das Maravilhas”), o que, infelizmente, não é o caso.
Vamos aguardar os próximos extratos de contrato, e verificar quanto está se gastando com mais uma festa na cidade, vamos aguardar e ver quanto custará para os cofres municipais os shows deste ano da Festa do Peão.
A população está atenta, e todos nós podemos fiscalizar, eis que trata-se de assunto de interesse público, e no final, você já sabe: somos nós que pagamos o “pato”, ou melhor, a festa.

Por Lucas Benedito - Psicólogo.
Proprietário do blog: guairaemfoco.com

Nenhum comentário: