15 de mai. de 2011

Rua Benevenuto Pereira da Silva ficará sem asfalto?

Até quando será que a Rua Benevenuto Pereira da Silva ficará sem asfalto? Realmente a administração pública tem mostrado descaso com os moradores daquela rua e também como os turistas que visitam a festa do Peão em nossa cidade, pois nesta rua fica situado um entre os vários hotéis que nossa cidade tem. Pasmem os senhores o que irão pensar os turistas que visitam nossa cidade, e os moradores daquela rua que pagam seus impostos, e não vêem este seriam revertidos para asfaltar esta rua. Descaso este que já dura anos, o Ex-Prefeito Sérgio de Mello (PT), em sua Gestão, preocupado com os moradores dessa imediação, concluiu nesta rua as guia de asfalto e a iluminação.
Quase três anos de administração da "Coligação União Progresso”, até agora nada foi feito nesta rua. Por fim há um loteamento novo no final desta rua, o qual está todo asfaltado, mas esta rua que servirá de acesso a este não está asfaltado, por causa da inércia do poder público que não faz nada para resolver. Porém parece haver uma luz no fim do túnel para resolver este problema, os moradores desta rua tem se sido freqüentemente e estão buscando meios para conseguir asfaltar esta rua com recursos próprios dos moradores desta rua. Uma Vergonha! Seria cômico, se não fosse trágico. Porque uma Prefeitura como a nossa com um orçamento estimado mais de 100 milhões para este ano, o que não afetaria em nada resolver este problema, agora fica uma pergunta no ar, se um problema como este que dura já faz vários anos, a atual administração pública não consegue resolver, imaginem outros problemas existentes em nossa cidade, ainda os moradores sofrem quanto o caminhão pipa, joga água para minimizar a questão da poeira, o lamaçal é um problema sério para a vida dos moradores.
A Presidente da Câmara Municipal, Vereadora Maurília Landim (PDT), ainda não se manifestou sobre esse descaso por parte da administração pública, esperamos que a mesma cobre atitude do Poder Público quanto a solução para esse problema.

Nenhum comentário: