20 de jul de 2011

O Jogo Sujo da Imprensa.

Imagem ilustrativa, retirada da internet.

O desenvolvimento de muitos municípios Brasileiros está comprometidos pela falta de ética da imprensa que só pensa nela mesma, montada no dinheiro público, se julga a dona da verdade.
Com a omissão da imprensa, os investimentos na educação, saúde, social, esporte, cultura e lazer, não atingirá a classe da comunidade menos favorecida, respaldada com os contratos com as Prefeituras e Câmaras Municipais desse imenso Brasil, a imprensa está fazendo feio, suas páginas estão moldadas com omissão.
O jogo sujo da imprensa passa despercebido pela comunidade de baixa renda, a imprensa é o cão de guarda de seu patrão, as páginas da imprensa mais parece um álbum de figurinha de seu patrão, que entre manipulação e mentiras tentam enganar a comunidade, o patrão da imprensa paga BEM, para se da BEM a custa do dinheiro público.
A imprensa, não fiscaliza, ela omite, a imprensa não questiona, ela não vê, ela não ouve, essa não é nossa imprensa, sobretudo, no futuro seremos todos vítimas desse sistema imposto pela imprensa, mas precisamos ter fé, vamos todos ouvir o programa do pastor no rádio, no culto dessa noite não esqueça da gente pastor.
A imprensa está produzindo um público tão vil quanto ela, o silêncio de todos, têm fortalecido o jogo sujo da imprensa, a reflexão sobre os contratos envolvendo a imprensa, Prefeituras e Câmaras Municipais desse imenso Brasil, tem sido o melhor remédio quanto a manipulação dessa imprensa mercenária.
Uma imprensa manipuladora e venal, que não mede esforços para omitir e proteger a ilegalidade, tudo pelo dinheiro público, para estar sempre de Bem com alguém que paga BEM, o poder aquisitivo da imprensa passa despercebido entre nossas autoridades.
A omissão produzida pela imprensa, o câncer midiático, que todos os dias devoram os recursos destinados para os menos favorecidos, esse fator, não pode passar despercebido aos olhos de nossas autoridades, mais o que fazer quando a casa leis desse Brasil de todos, tremeu e tudo ao seu redor se corrompeu?
Sem fiscalização por parte da imprensa nas áreas que compõem o desenvolvimento da comunidade menos favorecidas, esse fator omisso pela imprensa pode fortalecer os governos corruptos, mas a comunidade saberá avaliar o trabalho da imprensa em sua cidade, se o legislativo é fiscalizado pela imprensa, falta remédios, médicos, habitação, esporte nos bairros, investimentos na educação, entre outras questões que estão sendo omitida nas páginas da imprensa.

Nenhum comentário: