24 de ago de 2011

A imprensa pode fiscalizar sim, pode não, seu patrão deixa não.

Imagem ilustrativa, retirada da internet.
A imprensa tem a importante função no progresso dos municípios brasileiros, uma delas: é a de fiscalizar os gastos do poder público, assim deveria ser na prática, mas os contratos com as Prefeituras e Câmara Municipais desse Brasil a fora, impossibilita a imprensa trabalhar no progresso dos municípios.
A imprensa está deixando marcas em suas páginas, a cada dia está mais bonita com o rosto de seu patrão em suas paginas, sem a fiscalização por parte da imprensa, áreas como saúde, educação, esporte lazer, são escassas nas periferias de muitos municípios.
Entretanto, a pergunta que não quer se calar: porque a imprensa não exerce sua função fiscalizadora, pois é notório a omissão por parte da imprensa em suas páginas, ninguém entende a atitude omissa por parte da imprensa, será que ela está de revolta?
Uma imprensa que vive a custa do dinheiro público, por isso é cega e muda uma imprensa sem ética, uma imprensa mercenária e manipuladora, a serviço de seu patrão, enquanto isso, os recursos que deveriam ser destinados à comunidade de baixa renda, são desviados para alimentar as benesses da imprensa.
A imprensa deveria primar pela ética e transparência nos fatos pertinentes a comunidade pagadora de IMPOSTOS, a imprensa deveria fiscalizar sim, mais seu patrão não deixa não, leia os editorias da imprensa, traz as marcas da omissão.
A reflexão diante da omissão da imprensa é muito importante para quem presa pelos bons costumes, ética, transparência, que os editoriais faz questão de não mencionar, a culinária, logo estará estampada nos editorias.
Mas a comunidade desse Brasil a fora é inteligente e saberá avaliar o papel da imprensa enquanto agente fiscalizadora, reflita você mesmo, quantas vezes a imprensa visitou seu bairro, ela questionou a administração sobre as situações pertinentes à sua comunidade? Avalie você mesmo, não seja omisso, ser omisso é crime, você não é criminoso!

Nenhum comentário: