29 de ago de 2011

Projeto aprovado pela Câmara Municipal poderá causar retrocesso no futuro do município de Guaíra-SP.

Imagem ilustrativa.
O projeto que foi aprovado recentemente pela Câmara Municipal, por seis (6) votos a dois (2), que dá direito ao executivo municipal concluir um empréstimo em um banco privado, no valor de R$ 1.200.000,00 (Um Milhão e Duzentos Mil), para ser pago em cinco anos, e ainda de quebra, seis meses de carência, sobretudo a administração que irá assumir o Paço Municipal em 2013 assumirão também a dívida, graças aos nobres vereadores que votaram a favor.
Entretanto, mesmo sabendo que o orçamento deste ano, passará os R$100 Milhões, sobretudo a máquina administrativa está inchada, com excesso de cargos comissionados, certo disto, uma denúncia protocolada na Câmara Municipal, que estaria ocorrendo possíveis casos de nepotismo na administração do grupo da coligação “União e Progresso”, mesmo sabendo desse lamentável fato, os vereadores votaram a favor desse projeto, menos os vereadores Renato César Moreira (DEM) e Cecílio Prates (PDT).
Para elucidar melhor esse projeto, que antes de ser votado pelos nobres, poderia ser analisado e pensado melhor junto com a população, antes de ser aprovado, todavia o município gasta com casas alugadas, aproximadamente R$ 40 Mil, no mês, ao final do ano R$480.000,00 somando o enxugamento da máquina administrativa, não precisaríamos desse empréstimo, ainda não mencionamos o gasto com a imprensa, então se os nobres vereadores sabendo de tudo isso, porquê eles votaram na aprovação desse projeto?

Nenhum comentário: