13 de set. de 2011

Soterramento do Teatro de Arena: o povo não é bobo, e na hora de escolher, ele saberá escolher.


Nunca antes na história do município um gestor público teve a audácia de soterrar uma obra de grande valor cultural, o nosso Teatro de Arena, mas o Prefeito José Carlos Augusto (DEM), cometeu esse erro grave que lhe causará a derrota nas urnas em 2012.
O município está vivendo, e convivendo com as decisões autoritárias do grupo da Coligação “União e Progresso”, sem consultar a comunidade soterrou o nosso único Teatro de Arena, a comunidade sente o despreparo do grupo da Coligação “União e Progresso”.
Quem não se lembra dos eventos que abrilhantou o nosso Teatro de Arena, ver a encenação da paixão de “Cristo” novamente, não será mais possível, com o Teatro soterrado, há tempo bom era aquele que não voltam mais, com o soterramento do Teatro de Arena.
Quantas gincanas foram realizadas naquele espaço, que custou muito dinheiro público, que em poucos dias, o Prefeito José Carlos Augusto (DEM), soterrou e enterrou a nossa cultura, que hoje é lembrada nas palavras dos mais velhos.
O que nos assusta, não houve resistência por parte da imprensa muito menos de nossos vereadores que são nossos representantes e defensores do patrimônio público, agora qual será a próxima obra a ser destruía ou soterrada pelo Prefeito José Carlos Augusto (DEM), isto é, se a comunidade permitir?

Nenhum comentário: