1 de jun de 2012

Cícero Duarte diretor da Rádio Alternativa FM 88,9 sofre censura por defender a comunidade no município de Guaíra-SP


Na foto Cícero Duarte, diretor da rádio Alternativa, jornalista e apresentador do programa Linha Aberta.
Infelizmente, essa cidade existe no mapa do Brasil. Essa cidade é a nossa querida cidade de GUAÍRA/SP. Uma cidade governada à mão de ferro pela atual Administração. Essa nossa cidadezinha tem aproximadamente 38 mil habitantes. 38 mil pessoas que acreditavam viver num estado democrático. Mas a mascara caiu depois do dia 01 de janeiro de 2009, quando a política do “é tempo do bem”, começou a empoçar alguns secretariados. Infelizmente, foi como se uma nuvem de fumaça estivesse tomando conta da política guairense. Uma nuvem em que os interesses próprios são em cobertos, uma nuvem que encobre os interesses políticos, mas que por aqui ninguém pode questionar. Infelizmente, depois do dia 01 de janeiro de 2009, a cidade de GUAÍRA/SP começou a retroceder no tempo. Um tempo que não vale a pena relatar, um tempo em que a democracia se fazia através de derramamento de sangue. Isso no século passado. Mais a política que “NÓS GUAIRENSES” estamos vivendo por aqui, é a política do coronelismo, ou seja, faz o que eles mandam e fica por isso mesmo. Guaíra esta sendo governada pelos senhores de engenho (é época da escravidão mesmo). Guaíra esta sendo tratada como um personagem: "as fazendas dos coronéis". Aqui é o local onde esses senhores políticos plantam o que querem, colhem como querem e ainda querem tratar a nossa população dessa forma e, ninguém pode falar absolutamente nada. Até mesmo porque eles podem com tudo e com todos.
A titulo de esclarecimento para que os internautas se interajam do assunto: Guaíra/SP chegou num ponto em que ninguém, inclusive, a imprensa ( Rádio Alternativa FM), não pode falar nada sobre a administração do prefeito José Carlos Augusto ( DEM), porque corre o risco de sofrer algum tipo de perseguição. Por exemplo, se for o quarto poder (ou era); a empresa, eles literalmente tentão caçar os direitos da mesma, se for um morador da cidade eles também da se um jeito de calar essa pessoa (felizmente, eles só estão calando a pessoa, por enquanto). Mas, não para por ai não; a vitima mais recente dessas perseguições está sendo à rádio Educativa Alternativa FM 88,9 (www.alternativafmetv.com), que por considerar essencialmente importante que se abram os seus microfones para que a população da periferia da cidade possa DEMOCRATICAMENTE se manifestar fazendo o bom uso de uma coerência é que a Alternativa proporciona a voz e a vez para que seus ouvintes façam qualquer tipo de questionamento, bem como os elogios também á administração do prefeito José Carlos Augusto. Pois bem, assim feito, logo começou a surgir as primeiras criticas por parte dos munícipes guairenses, hora sobre as políticas publicas, hora para questionar a quantidade de cargos de confiança.
Eles dizem que, a rádio Alternativa não tem audiência. Bom, então se a rádio não tem audiência, porque então se preocupar com um, dois, três ou mesmo algumas centenas de moradores que ligam para fazer suas reclamações e suas reivindicações?
Eu vou terminando por aqui, porque eu acredito que não vale a pena prosseguir com isso que vem acontecendo na cidade de GUAÍRA/SP. Lembrando que, quem perde com isso, é a população guairense. Amanhã termina o mandato do prefeito José Carlos Augusto, depois com que cara que ele vai caminhar pelas ruas da cidade?
Enquanto isso o guerreiro Cícero Duarte segue em sua luta pela liberdade de expressão, em defesa da comunidade.

Nenhum comentário: