25 de jul. de 2012

A imprensa afasta o fêmur e introduz no fundo da sua órbita genital, sua soberba falta de ética.

Uma imprensa sínica, mercenária, demagógica e manipuladora, foi germinada, criada e sustentada, em um processo histórico ganancioso pelo dinheiro público.
O trabalho da imprensa, ou da família imprensa que mantém o monopólio da informação, está sendo alimentado pela história obscura de uma geração acostumada a viver a custa do dinheiro público, sobretudo, a classe menos favorecida tem seus direitos subtraído pela falta de ética da imprensa.
Contudo, o trabalho da família imprensa tem sido perpetuado diariamente, em afasta o fêmur e introduzir no fundo da sua órbita genital, sua soberba falta de ética, quando se trata de defender os direitos da classe menos favorecida. Ademais, a imprensa tem sido acariciada, amaciada, mastigada e arranhada pelos gestores públicos, por esse Brasil a fora.
Uma imprensa sem valores éticos e moral, uma imprensa que há tempos vêm sendo alimentada por grupos políticos, portanto, um cão de guarda da ilegalidade está sendo gerido e nutrido.
Entretanto, o efeito indigesto causa pela falta de ética de uma família que ainda detém o poder da informação manipulada em benefício a um grupo político, é totalmente prejudicial ao desenvolvimento dos municípios.
Entretanto, ninguém pôde dizer que é livre como um pássaro, com á arbitrariedade de uma imprensa sórdida, que sistematicamente manipula as informações.
Partido desse pressuposto que a imprensa nos tempos atuais tem manipulado as informações a um determinado grupo político, para atender suas benesses com dinheiro público, deixo aqui uma pergunta a vocês leitores desse humilde blog: Qual é papel da imprensa em seu município?
"Quando a imprensa não fala, o povo é que não fala. Não se cala a imprensa. Cala-se o povo." William Blake

Nenhum comentário: