16 de set de 2012

A imprensa destila seu veneno

Com os olhos BEM abertos estamos assistindo a imprensa destilar seu veneno. Uma imprensa tragada pela imoralidade que no seu cotidiano imundo – incorpora uma junção com um partido político manchado pela corrupção. A imprensa goteja palavras de
arrogância, uma imprensa que é um espinho venenoso que fere o que há de mais nobre na ética jornalística. Quem deveria combater á corrupção, infelizmente esta caminha ao lado da corrupção, e não há nada a fazer a não ser: quem sabe um marco regulatório, para pôr fim aos monopólios de algumas famílias que detém o poder da informação manipulada a um determinado grupo político.
O eco da imprensa corrupta, sem dúvida alegra os grandes loteadores, financiadores de campanha política e os porcos que vive a custa do dinheiro público. Essa estratégia montada pela manipulação da imprensa mercenária, não faz parte do convívio da comunidade menos favorecida, mas ao mesmo tempo, de braços cruzado permitimos que esse abominável fato aconteça diante de nossos olhos.


Nenhum comentário: