20 de jun de 2013

A força da juventude valeu a pena.

Por Adeir Alves

A força que vem do povo, ou melhor, a força que vem da nossa juventude pelo País a fora, com várias capitais aderindo as manifestações pacíficas e legítimas sobre o passe livre, mesmo que levando borrachadas, gás lacrimogêneo, bala de borra, spray de pimenta, e, dar-lhe repressão da polícia, com diz o poeta Fernando Pessoa “Tudo vale a pena se a alma não é pequena”, e valeu mesmo! Alckmin recuou.

Na tarde desta quarta-feira (19), o governador Geraldo Alckmin recuou e revogou temporariamente o preço das passagens de ônibus, metrô e trem, voltando o preço para R$ 3,00, com era antes das manifestações.

Está claro que valeu a força de nossos jovens, que juntos se posicionaram sobre o aumento das tarifas de Transporte Público em São Paulo, evidentemente que há mais questões a serem discutidas ainda no Estado, como segurança, a fragilidade do sistema público de saúde e educacional, e o desperdiço de dinheiro público, por exemplo.

 Os políticos terão que sinalizar para uma política séria, sobretudo honesta, o povo está de olho, as manifestações revelaram a força de nossos jovens, que unidos jamais serão vencidos. Foi uma lição de cidadania. 

Assistimos os brasileiros se aglomerando querendo um lugarzinho na multidão, para soltar seu grito de indignação entre os manifestantes, todos queriam estar lá somando ao grupo de jovens - valeu a apena juventude! Nossos jovens mostraram para o governo que estamos todos antenados.

Nenhum comentário: