29 de out de 2013

Mello, isso não te pertence mais?

Por Adeir Alves

Mello está  sorridente e alegre com o bom momento que a gestão Melista está compartilhando com a família guairense, tudo indica que ele deve estar se preparado para a tão sonhada Reforma Administrativa em seu governo. Com as energias recarregadas depois da chegada da Terra Santa, Mello deverá iniciar já o ano que vem uma Guaíra de inaugurações com diversas obras em andamento.

Sobretudo, Sérgio de Mello deverá esquecer a herança do processo eleitoral, deixando tudo para trás e começar o ano de 2014, com um novo jeito de governar, fortalecendo o diálogo com o povo.


 Mello terá que cavar um buraco profundo no seu imaginário e jogar tudo que o amarra e o engessa, abrir a caixa com todos os pertences e arranjos do processo eleitoral e, com um simples gesto, jogar tudo dentro do buraco e enterrá-los - isso não te pertence mais! 

Se não houver um sepultamento dos pertences, dos arranjos do processo eleitoral e, sobretudo os secretários autoritários, a “Coligação Juntos pela Verdade”, sobre o domínio de Sérgio de Mello e Denir Ferreiras dos Santos, poderá cavar sua própria cova, em 2016. Ainda que faça um governo histórico. 

A “Coligação Juntos pela Verdade” uma junção com 13 Partidos que venceu o grupo Zecarlista com sobra nas eleições de 2012, depende da coragem e audácia de Sérgio Mello, para fazer a coisa certa,  ou seja, proclamar a longevidade do grupo. Nunca é tarde para resolver de novo!

Nenhum comentário: