29 de jan de 2014

Prefeitura anuncia R$ 2,5 milhões em recape para este semestre

Prefeito anuncia R$ 2,5 milhões em recape para este semestre O prefeito Sérgio Mello anunciou que irá investir R$ 2,5 milhões em recapeamento de ruas e avenidas da cidade. Em coletiva para a imprensa realizada na manhã desta segunda-feira 27, ele reforçou que a meta é recuperar a maioria da malha asfáltica do município até o encerramento deste semestre. Boa parte do pacote de recape será feita na medida em que os recursos dos governos estadual e federal forem sendo liberados. Uma outra fatia desse investimento será feito com dinheiro da própria Prefeitura. “No início do governo, fizemos um levantamento que apontou a necessidade de recuperar 200 mil metros quadrados [de ruas e avenidas] da cidade. Metade desse total em estado crítico. Mas tivemos que fazer uma escolha e optamos por investir os recursos nos programas de habitação popular”, afirmou o prefeito. Com o dinheiro previsto para ser investido neste semestre, o governo busca recapear 80% dos trechos de ruas deteriorados por falta de manutenção. Pelo cronograma da Secretaria de Engenharia e Obras, um dos primeiros bairros a ser beneficiado também enfrenta a situação mais precária. “Já estamos realizando a licitação para recapear boa parte das ruas e avenidas do Residencial Nadia 1, e estamos aguardando que o governo estadual libere o restante dos recursos para concluirmos a recuperação total do bairro o mais rápido possível”, afirmou o prefeito.
O recapeamento deve beneficiar aproximadamente 200 famílias que vivem no bairro. Mas ruas e avenidas localizadas em praticamente todas as regiões da cidade serão recapeadas. Sérgio Mello apresentou, ainda, um histórico de investimento em recape feito pela Prefeitura de 2009 para cá. Segundo ele, o dinheiro aplicado na manutenção de ruas e avenidas vinha aumentando até 2011, quando alcançou R$ 945 mil. Porém, em 2012, a Prefeitura aplicou apenas R$ 147 mil em recape. Em seu primeiro ano de governo, Sérgio disse que investiu R$ 625 mil no recapeamento dos trechos mais deteriorados. Mas ele mesmo admitiu que esse valor produziu pouco resultado diante da quantidade de buracos que herdou. O prefeito defendeu que a manutenção de ruas e avenidas deve ser um trabalho permanente, para que não volte ocorrer situações em que os moradores sejam novamente prejudicados. Processo Durante a coletiva com a imprensa, outro assunto veio à tona. Ainda no primeiro do prefeito Sérgio Mello (2005-2008), a Prefeitura ingressou na Justiça para que o loteador refizesse o asfalto no Residencial Thaís, que já estava precário e ainda dentro do período de garantia. O processo segue até o hoje sem uma decisão definitiva. Mas o prefeito garantiu que, independentemente do resultado, a recuperação de ruas e avenidas no Residencial Thaís será uma das primeiras etapas a serem realizadas neste semestre. Sindicância Sérgio Mello também revelou que irá realizar perícia em todos os loteamentos recentes cujo asfalto está em fase de garantia. O objetivo é avaliar a necessidade de cobrar das empresas loteadoras melhorias nos pavimentos em situação precária. O prefeito afirmou que a medida visa evitar o que aconteceu no Residencial Thaís — pouco tempo depois de as residências terem sido entregues para as famílias, asfalto, guias e sarjetas já estavam completamente danificados. “O que aconteceu ali foi um crime contra o interesse público”, comentou. Sérgio Mello também pensa em propor uma lei — em parceria com a Câmara — instituindo obrigações que garantam asfalto de qualidade em novos loteamentos.

  Prefeitura Municipal-Guaíra/SP

Nenhum comentário: