6 de fev de 2014

Família guairense recebe com 4 pontos de cultura

Da Diretoria de Comunicação (DireCom) 

 Neste dia 6 de fevereiro será entregue oficialmente 4 pontos de cultura para o Município de Guaíra. 

 O evento acontecerá na Casa de Cultura as 16h00.  

Conheça os 4 Pontos de Cultura de Guaíra:

 SOGUBE – SOCIEDADE GUAIRENSE DE BENEFICÊNCIA - PONTO DE CULTURA ARTE VIVA;


 INSTITUTO OSWALDO RIBEIRO MENDONÇA - PONTO DE CULTURA OFÍCIO DA DANÇA; 


ASSOCIAÇÃO DE DESENVOLVIMENTO CULTURAL ÁGUAS CORRENTES – PONTO DE CULTURA PONTOS CÊNICOS; ASSOCIAÇÃO ARTÍSTICA, CULTURAL E EDUCATIVA RIO CIRCULAR - PONTO DE CULTURA ELETROAFRO. 


 Conheça o Consórcio Intermunicipal Culturando 

O CIC - Consórcio Intermunicipal Culturando, criado em abril de 2010, é o primeiro consórcio público específico para a cultura do País.

 Trata-se de uma entidade pública que une Prefeituras paulista para, com a força dessa união, pleitear recursos através de projetos e acordos diretos com esferas governamentais e instituições culturais, de forma a suplantar questões burocráticas que atravancam o desenvolvimento cultural dos municípios.

 O Consórcio Culturando iniciou seus trabalhos com 16 cidades; hoje, contamos com 18, mas com negociações em 3 novos municípios, interessados em aderir a esse pioneiro processo de teia cultural através das gestões públicas.

 Com sede em Monte Alto, o consórcio conta com uma Secretaria Executiva, que além de idealizar a formação do ente público, toca os convênios em andamento: Agentes de Leitura, Modernização de Bibliotecas, Pontos de Leitura e Cine Mais Cultura.

 Com a força de cerca de 1 milhão de habitantes a serem atendidos em suas demandas culturais atualmente (com tendências de ampliação da abrangência), o CIC surge como uma importante força não somente para atrair recursos e investimentos, como para trabalhar na informação e formação de agentes e gestores culturais, em sinergia com a evolução dos mecanismos de fomento e o protagonismo da sociedade civil que avança terrenos importantes do saber e do fazer cultural.

Nenhum comentário: