22 de mai de 2014

Guaíra será modelo de habitação e qualidade de vida na região

Adeir Alves 

 A história do município irá mudar para melhor depois do lançamento do Plano Habitacional no Centro Social Urbano no último sábado,17. 

Guaíra avançará no quesito habitação com a construção de Mil casas populares que enterra de vez a questão da especulação imobiliária muito acentuada nos últimos quatros anos; a família Guairense já pode comemorar o fim de seu sofrimento, que antes era obrigada a conviver com o aluguel e terrenos mais caros da região.


Guaíra será modelo de habitação na região e em qualidade de vida, com um investimento histórico em habitação, para um município de aproximadamente 39 mil habitantes, o clima é de festa em nossa Guaíra. 

Todos que sonhavam com uma casinha já podem dizer bem alto que esta casa será minha, agora meus filhos têm um teto para morar e viver com dignidade, não vou mais ser reféns dos aluguéis caríssimos? 

Com a construção das Mil casas populares, a família Guairense também foi presenteada com um robusto investimento na rede de esgoto, desde a desativação e a remoção da Lagoa de dejetos do Cepar para a Lagoa de Santa Quitéria que é a única licenciada pela Cetesb, e, principalmente a remoção da Lagoa do Fogão que, quando chove leva um mal cheiro horrível as casas dos moradores dos Bairro Cohab I, João Vaccaro, Guaíra E e os Bairros Mutirão I, II e III que se localizam perto das imediações da Lagoa de dejetos. 

Enquanto a família Guairense vive um clima absoluto de alegria e harmonia com a gestão pública, a Rádio Cultura parece torcer descaradamente contra a construção das casas populares - no futuro - ninguém vai saber como caminha a construção das casas ouvindo a falta de ética dos apresentadores do Jornal da Rádio Cultura, que só sabem falar mal.

Nenhum comentário: