11 de ago de 2015

Até quando a imprensa vai acreditar que ela governa Guaíra?

Adeir Alves 

 Qual é a função da imprensa em nossa sociedade? Que papel seus jornalistas têm para com o desenvolvimento do município? Perguntas que a própria população vem fazendo a cerca de dois anos e meio pra cá, como por exemplo, a pergunta que não quer calar: “até quando a imprensa vai acreditar que ela governa Guaíra?” 

 Sempre acreditei que a imprensa livre é fundamental para o funcionamento da democracia. Mas não podemos aceitar a forma que o jornalismo “do quanto pior melhor” sepulte os valores, os princípios e os bons costumes que cultivam uma sociedade justa e igualitária, por conta dos interesses financeiros da “caolha e raivosa família-imprensa”!


 Hoje em dia, a nossa humilde população vem respirando ares de campo de batalhas, erguidos por parte dos soldadinhos caolhos, do grande exercito contra Guaíra, da injusta imprensa que perdeu, há dois anos e meio, sua principal teta que os alimentava com o santo leite nosso de cada dia. Por isso a população se vê refém diante desse jornalismo sem ética e sem responsabilidades social com os fatos pertinentes á nossa sociedade. 

E por causa dessa lamentável insistência toda por contratos e boas mordomias junto ao poder público, por parte desses soldadinhos caolhos, infelizmente, nosso município não convive mais sobre terras harmoniosas, como era antes, uma Guaíra administrada nas gestões dos ex-prefeitos Waldemar Chumbaci, Fábio Talarico, Adnaer de Barros Lélis, José Pugliesi “Menininho” e Dr. Orlando Garcia Junqueira, tempos bons foram esses em que os gestores públicos trabalhavam como protagonistas de uma Guaíra construída pelos interesses públicos! 

Infelizmente, hoje em dia, o quanto pior esta persistindo por aqui, ou seja, o que se lê ou se ouve por aí, esbravejados em discursos podres, pregados por bocas a lá vampirismo, são sempre os mesmos discursos camuflados por pessoas preocupadas com Guaíra. Mas que no fundo mesmo estão interessados por doces e suculentos contratos que encheram os estômagos fedorentos dos vermes existentes nas bocas dos caolhos de plantão que utilizam o jornalismo para provocar a desordem dos fatos, insistindo em boatos toscos e sem credibilidade.

 Sabiamente a população já percebeu que esses personagens que utilizam máscaras do carnaval do bem pra si mesmos, na hora certa, vão cair de vez, e quando isso acontecer, bastante óleo de peroba na cara dessa gente que vão assumir a postura do outro da laia deles: Judas Iscariotes! O mesmo que diante a Jesus, o negou por três vezes, por apenas trinta moedas de prata. Imagine por aqui, o que os caolhos não fariam por alguns contratos e certas mordomias?

 Por isso, é necessário que essa gente humilde, trabalhadora e pagadora de impostos não permitam que a imprensa continue acreditando que ela governa Guaíra! 

É necessário sempre entender que o dinheiro público é do povo! Quem governa Guaíra é o prefeito eleito pelo voto popular e não por uma mídia sedenta pelos recursos públicos!

Nenhum comentário: