9 de set de 2015

Lei que institui o Conselho da Igualdade Racial é criada em Barretos/SP

Por Lara Mello,  no site Vista Minha Pele: 

 Na manhã desta quarta-feira, dia 9 de setembro, o prefeito Guilherme Ávila assinou em seu gabinete, no Paço Municipal “Simão Antônio Marques – Librina”, o projeto de lei 118/2015, que institui em Barretos, o Conselho Municipal da Igualdade Racial. O envio para a Câmara Municipal, visando a tramitação e aprovação, será feito por meio do ofício 1.231/2015.

 Além do prefeito, esteve presente também o presidente do Legislativo, André Luiz Rezek. “Vamos colocá-lo na pauta do dia 21 de setembro/15″, anunciou o presidente. 


 “Agradeço muito a sensibilidade do prefeito. Este é um sonho. Quando se sonha junto, a realidade acontece. É um grande passo e vamos continuar trabalhando muito para o desenvolvimento de políticas públicas inerentes a questão”, observou a vereadora Gláucia Régia Molaz Martins Simões, também presente ao ato, juntamente com o chefe de Gabinete da Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Gustavo Figueiredo; da diretora da Comissão de Direitos da OAB – Barretos, advogada Laís Fernanda Honório, e representantes de classes sociais, culturais, carnavalescas e religiosas. 

“Fizemos questão que todos vocês estivessem aqui participando do ato desta assinatura. Acima de tudo deve-se criar políticas públicas para o enfrentamento a desigualdade social e mostrar para a sociedade toda busca para o reconhecimento e o valor que cada ser humano tem”, frisou Guilherme Ávila, que elogiou a vereadora doutora Gláucia por lutar da causa.

 Francisco Salviano de Miranda, “Tico”, dirigente da instituição social cultural Aruanda Brasil, afirmou que a comunidade estava esperando a criação do Conselho havia muito tempo. “O envio do projeto para a Câmara Municipal tem um peso muito grande”, destacou. Álvaro de Oliveira Júnior, o Juninho, também ressaltou que a conquista é fruto de anos de luta.

 “Sempre houve discriminação com o negro. É uma questão que deve ser olhada com carinho e seriedade, por isto agradecemos muito pela iniciativa do projeto”, salientou. 

 Durante o ato no gabinete, Nelson Assis Júnior, também da Associação Aruanda Brasil, entregou ao prefeito Guilherme Ávila, um guia de implementação do Estatuto de Igualdade Racial.

Nenhum comentário: