13 de jul de 2016

O próximo governo não terá que abraçar uma herança, mas assumir um compromisso com o provo

Adeir Alves:

Não será uma tarefa fácil para quem for assumir a prefeitura em 2017. Será necessário um olhar visionário direcionado ao lado Oeste de nosso município, explico: nos dois lados (à direita e à esquerda) da Avenida Alça Oeste existe um aglomerado de Bairros que, nos últimos anos, por conta dos excessos da especulação imobiliária, alavancou-se um crescimento meteórico de Bairros nesta região. 

Evidentemente com o crescimento habitacional aumentou a arrecadação de impostos engordando orçamento público, com isso, trouxe responsabilidades como investimentos na vazão do esgoto e a construção de um reservatório de água para atender a demanda do crescimento populacional, ainda nada foi concluído!

O próximo gestor público terá que abraçar não uma herança, mas assumir um compromisso com a população que reside na região Oeste de nossa cidade, para isso, o próximo governo municipal terá que erguer uma ponte de diálogo junto ao governo do Estado de São Paulo, que poderá ser de grande ajuda na capitação de verbas, para equacionar tais problemas, conforme o Artigo 175 da Lei Orgânica do Município. 

 Outro fator que precisa ser resolvido com urgência é a construção dos espaços culturais, esportivos, lazer e espaços para os programas sociais, todas essas políticas de direitos não podem ser apenas promessas eleitoreiras, têm que ser compromisso do próximo chefe do executivo municipal. 

Com a ampliação da vazão da rede  dos esgotos e a construção do reservatório de água esta comunidade terá seus direitos garantidos e não sofrerá problemas futuros, concomitante, não haverá desgastes à gestão pública.

Já com a construção dos espaços culturais, esportivos, lazer e para os programas sociais, a administração pública proporcionará ofertas a demandas oriundas do anseio do povo e, ao mesmo tempo, o futuro prefeito oferece dignidade aos contribuintes.

Nenhum comentário: