19 de set de 2016

Como o próximo Governo poderá turbinar o poder de investimentos da máquina púbica

Adeir Alves: 

 A antiga DDM (Delegacia de Defesa da Mulher) que estava localizada em nosso município na Rua 42 no Bairro Miguel Fabiano, infelizmente há tempos ela foi desativada e, desde então, não tem tido utilidade para a gestão pública até o momento. 

 Como é um prédio é público e que há anos está abandonado sendo destruído pela ação do tempo e corroído pela ociosidade, o próximo gestor público poderá em 2017 para tentar recuperar o desgastado poder de investimentos da prefeitura, é uma possibilidade, aproveitar melhor esse espaço público: abrigando duas atividades pertinentes a pasta da assistência social.

 Como o prédio da DDM tem várias salas e um amplo espaço em seu interior e fora dele, poderia ser incorporado o DGB, que está localizado, em uma casa na Rua 20 entre as Avenidas 17 e 19 no Centro e, atualmente encontra-se em funcionamento, mais um aluguel que a prefeitura não precisaria pagar. A sede da Secretaria da Assistência Social com suas várias funções está localizada em uma casa na esquina da Rua 24 com a Avenida 23, também poderia fazer parte desse prédio, proporcionando melhor atendimento à população, evitando o pagamento de mais um aluguel. 

Ainda sobrariam mais salas para, a cargo do próximo perfeito, ser postas outras coordenadorias.
Cabe a Câmara de Vereador fiscalizar e propor tal benefício econômico à gestão pública. Com a incorporação de todas essas pastas no referido prédio, a prefeitura deixaria de pagar os aluguéis a terceiros gerando economias aos cofres públicos, com isso a máquina pública turbinaria seu o poder de investimentos, justo?

 Após o funcionamento das duas atividades, ou outras mais, junto ao prédio da antiga Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), é evidente que haverá uma ascendente economia aos cofres públicos impulsionando o próximo governo para que possa aumentar o poder de investimentos na saúde, educação, esporte, lazer, cultura e segurança - ainda de quebra - aparelhar a frota de veículos do almoxarifado acabando com o sucateamento da mesma

Nenhum comentário: