17 de out de 2016

A dor de cabeça de Zé Eduardo e Renato Moreira

Adeir Alves: 

 Zé Eduardo e Renato Moreira tem tudo para entrar para história do município como gestores reformadores erguendo uma Guaíra sobre a égide dos princípios éticos e morais. A dupla dinâmica vão abraçar uma prefeitura a esmo carente de uma boa gestão pública.... Mas, entretanto, isso não é nada comparado a sede insaciável dos caninos órgãos de imprensa pelo robustos contratos com a prefeitura, Zé e Moreira precisão jogar duro com a imprensa, ou vão sofre a maior dor de cabeça.


 Para a administração pública se proteger das investidas ferozes da família-imprensa será preciso valorizar o Diário Oficial do Município (DOM), criar mecanismo de divulgação das ações da gestão pública, isso implica coragem e ousadia de quem for assumir a pasta do setor de comunicação; enfrentar os serpentários dos jornalões e revistonas sem ética, não será uma tarefa fácil como também não é impossível já que os mesmos (as) estão vivendo aos trancos e barracos.


 A sede da família-imprensa pelos contratos com a prefeitura é um assunto difícil, constrangedor que os futuros gestores terão que resolver e começar a discutir uma segunda via de divulgação dos atos e fatos da máquina pública, até porque o Paço Municipal, Messias Cândido Faleiros não têm dinheiro para manter esse ciclo vicioso moldado por pressões covardes - todavia - a gestão pública tem suas atribuições como empregar o dinheiro público em políticas públicas voltadas aos pagadores de impostos, afinal: “ quem tem filho ou filha de bigode é gato, não é a prefeitura”! 

A criação de um possível informativo com as atribuições do Executivo Municipal incluindo o trabalho de todas as pastas, que seria distribuído trimestralmente em toda cidade, tal política manteria o povo informado, que jamais será manipulado - claro que isso despertaria a ira da toda poderosa família-imprensa, eles vão relinchar aos quatros cantos da cidade, mas quando a tempestade passar, ainda que o governo caminhe entre o ódio da família-imprensa, não sentirás medo, porque o povo estará ao seu lado.

Nenhum comentário: