28 de set de 2018

A Corrupção, o Povo e as Prefeituras

Por Adeir Alves:

 Nosso País têm uma péssima imagem no mundo, envolvendo políticos que se alimentam de práticas fraudulentas (corrupção) envolvendo dinheiro público. 

Os brasileiros há muito tempo estão desacreditados, tristes com a classe política, porém, não são todos, mas têm por incrível que pareça, políticos bons e honestos! 


 Entre todas as práticas perversas conduzidas pelos políticos mal-intencionados e, uma delas é: O uso de notas fiscais fictícias ou frias oriundas de empresas fantasmas, onde os serviços declarados não são concluídos, ou os produtos não são entregues. 

 A corrupção está enraizada nas estirpes de algumas prefeituras por esse Brasil a fora e, se essa prática é dominante, é porque existe um corrupto pronto para saquear os cofres públicos. Em muitos casos, as empresas oferecem facilidades aos gestores públicos, ou seja, o jeitinho brasileiro. O povo está cansado de ver prefeitos e vereadores presos, e outros agentes públicos respondendo à justiça por inúmeros processos.

 “A corrupção nada mais é de que uma dobradinha de grupos espúrios entre a inciativa privada e pública mal-intencionados, visando obter vantagem em negociatas escusas, onde favorece uma classe e prejudica a outra, os contribuintes”. 

 O mal causado pela corrupção: Os desvios de recursos públicos para abastecer os sistemas assolados pela corrupção retrocede os avanços nas áreas de saúde pública, educação, esporte, cultura, lazer, infraestrutura, empregabilidade, programas sociais, entre outros setores das administrações públicas, que são afetados com a falta de investimentos, prejudicando a vida de quem mais necessitam dos serviços públicos, os mais pobres!

 “É sob a égide de uma nação crítica e atuante nas ações de governos que vamos mudar o rumo de nosso País, criando mecanismo de fortalecimentos às instituições democráticas (Ministério Público e ONGs de combate à Corrupção) na luta contra à corrupção nas prefeituras.“ 

 Os superfaturamentos em obras, os desperdícios do dinheiro público em obras faraônicas, o suborno e as fraudes em licitações públicas, as notas frias oriundas de empresas fantasmas em nome de laranjas, é um ciclo vicioso que precisa acabar, na verdade, essa luta contra a corrupção não é somente uma trincheira do Ministério Público (MP), e sim, uma batalha de toda a sociedade civil organizada. 

 Você pode dar sua contribuição à sua cidade, mantendo-se vigilante ao portal de transparência, acompanhando os processos de licitações públicas, assistindo às sessões da Câmara de Vereadores. A mudança na política só será possível sob sua consciência crítica nas ações de governos. Os políticos corruptos precisam sentir o peso da razão da mão do Povo! 

 O filósofo Immanuel Kant afirma que “o ser humano deve agir corretamente no dever da razão”! 

 É você, cidadão (ã) de bem, em outubro pode mudar o rumo do País, vote consciente, em políticos honestos, “Afinal, voto não tem preço, tem consequência”!

 “O sentindo em participar da política está em construir caminhos para cidadania e justiça social.” 

Mauricio Souza Rosa “Quem sabe, faz a hora, não espera acontecer” Geraldo Vandré

Nenhum comentário: