14 de set de 2018

Governo adita contrato com a empresa Seleta 1,6 Milhão aos cofres públicos

Por Adeir Alves: 

Desde que o grupo do prefeito Zé Eduardo assumiu o comando da Prefeitura Municipal, a população vem reclamando incessantemente dos serviços prestados pela empresa Seleta, responsável pela limpeza pública de nosso município. 

 As sessões de nossa Câmara Municipal também foi palco de várias discussões sobre o posicionamento dos serviços prestados pela referida empresa em nossa Guaíra, mas não deu em nada, foram somente questionamentos vazios.


 Basta acessar o site da prefeitura, para ver o aditamento do contrato entre Seleta e a Prefeitura que, por 6 meses vai custar aos cofres públicos a alta quantia de 1,6 Milhão, no entanto é muito dinheiro público a serem gastos pelos serviços que não condizem com a realidade de nossa cidade. Zé Eduardo tem sido linha dura com a população pagadora de impostos! 

 O alto custo do aditamento do contrato entre a prefeitura e a empresa prestadora dos serviços referente à limpeza pública é de grande magnitude - podendo dificultar o caminho ao crescimento da cidade - criando barreiras aos acessos dos mais pobres aos serviços públicos!

 Foi bem no clima favorável da última eleição que o Povo de braços abertos, há época, ouviu o até então candidato a Prefeito Zé Eduardo e seu grupo gotejar palavras convincentes que, sendo eleitos, eles encerrariam o contrato com a Seleta, oferecendo uma nova empresa a nossa comunidade, em meio a tantas hipérboles, o Povo sonhou, o Povo acreditou que Guaíra seria contemplada com uma empresa que atenderia os anseios de toda a população, mas foi apenas um sonho!

 R$1,6 Milhão é o valor que o prefeito vai pagar a esta empresa, mesmo com serviço não a contento, o governo, contra a vontade do Povo, aditou o contrato, sepultando o direito de outras empresas concorrem em um processo licitatório justo e transparente! 

 Sem contar que fora excluídos as funções como manutenção do aterro sanitário, capina, operação padrão e coleta de recicláveis, que serão feitos pela Prefeitura, ou seja, a Prefeitura além de 1,6 Milhão em 6 meses, gastará mais ainda com estes serviços por conta própria. Um absurdo! 

 O poder da esperança: Cabe aos representantes do Povo, os vereadores, questionar o que foi dito em palanque pelo prefeito Zé Eduardo, que seja cumprido, dando a oportunidade a outras empresas a participarem de um novo processo licitatório e, contudo, que vença uma empresa séria e compromissada em prestar um serviço de excelência aos munícipes. 

 Onde está o ex-prefeito José Carlos Augusto (DEM) que tem prestado uma grande ajuda a Zé Eduardo, no andamento da máquina administrativa, seria uma boa hora de mostrar a população de que lado ele está realmente?

 Os nobres legisladores unidos com o Povo podem juntos pressionar o governo municipal a recuar desse robusto contrato com a empresa Seleta, dando direitos a outras empresas a contribuírem com nossa cidade em um processo de escolha transparente, cuja prefeitura possa pagar um preço justo, que não onere os cofres públicos. 

 “Quem sabe faz hora, não espera acontecer” Geraldo Vandré

Nenhum comentário: