23 de abr. de 2011

Estão enterrando a nossa Cultura.


Há muito tempo os administradores do município já previam a importância da cultura em nosso meio, a transformação já era esperada no passado ao futuro aos olhos dos administradores que previam esse cenário de transformações.
Então o início da construção do Teatro de Arena, o município vive o começo de uma grande transformação, um marco na cultura, uma grande obra, está nascendo, conhecida pela grande celebração da encenação de Cristo que ocorreu no passado, aos olhos banhados por lágrimas, ao emocionar com a encenação da peça, a emoção toma conta de todos e além várias gincanas culturais, shows e outros eventos que marcaram a sociedade na época.
Quanta emoção, quantos olhares se trocaram naquele ambiente, rico e atraente pela cultura, de um povo que por horas, emocionaram com as peças teatrais, os atores, nas suas mais diversas cenas interpretadas com muitos ensaios, emocionavam o público.
Aquele espaço que deveria abrilhantar várias peças teatrais, no qual jovens atores da periferia ou não, dá uma lição de cena, a cena está sendo deixado de lado, desde que a Ex-Secretária da Cultura, exonerada do cargo nunca existiu a cultura naquele espaço que poderia ser enriquecido de cultura.
O Prefeito José Carlos Augusto (DEM) enterrou o nosso Teatro de Arena, com muitos entulhos e com ele enterrou junto a nossa cultura, que a União e Progresso ainda não apresentaram seu plano de governo na área da cultura, atitudes como essa do Prefeito, em destruir o que de mais nobre no Projeto Burle Marx, sendo este um projeto renomado e feito por um pessoa de instrução intelectual e cultural que lá atrás já possuía uma visão de futuro, principalmente na área cultural, desta maneira acontecerá o inevitável empobrecimento de um POVO.Outra questão a ser levantada será que é a nossa Câmara de Vereadores está sendo omissa nesta questão? Pois até agora pelo menos, não ouvimos nenhum vereador se pronunciar sobre este fato, assim como a cultura de nossa cidade, pois bem a função destes não é fiscalizar o poder público, propondo, cobrando, fazendo denúncias aos órgãos competentes, mas não são eles a caixa de ressonância da comunidade, é parece que estão preocupados com outras coisas, menos com a cultura e a história de nossa cidade, talvez devam estar preocupados com o Vice-Prefeito com mais uma festa.
Mais uma questão a ser pontuada porque será que nenhum órgão de imprensa, em especial os jornais não falaram sobre isto em suas primeiras páginas?
Esperamos que o novo Secretário da Cultura possa se manifestar sobre isto, assim como desejamos que o mesmo realize um bom trabalho em favor de nossa comunidade.
A cultura, BEM vista e interpretada pelos nossos governantes, transforma um POVO, o presente enriquecido com cultura, emerge um futuro de grande CIDADÃO, afinal de contas somos frutos da cultura, e todos os dias produzimos e reproduzimos esta, porém se os nossos governantes não deram e nem estimularem a cultura, nossa população, em especial da periferia ficará cada vez distante da cultura e cada vez mais empobrecida de cultura.

"Um povo sem conhecimento, saliência de seu passado histórico, Origem e cultura. É como uma árvore sem raízes" Bob Marley

Nenhum comentário: