28 de set de 2011

Transporte Universitário foi apenas um sonho, sonhado junto com a comunidade em 2008.

Imagem ilustrativa retirada da internet.


Quem nunca sonhou com a aquisição do transporte universitário pelo poder público. Aquele mesmo transporte universitário, muito enfatizado no palanque em 2008, quantos sonhos não foram sonhados pelos até então futuros universitários.
Tudo parecia real, já no início de 2009, os universitários não teriam que pagar mais o pesadelo de todo mês, o alto custo da mensalidade, pois durante a campanha, o ex-vereador e hoje atual Chefe de Gabinete levantou a bandeira do transporte universitário, se o grupo da Coligação “União e Progresso” fossem eleitos, já no ano seguinte comprariam 15 ônibus para o transporte universitário, e toda comunidade acreditou nas doces palavras do até então candidato da época, José Reinaldo dos Santos Júnior (PMDB).
A promessa do transporte universitário rendeu a vitória nas urnas em 2008, Coligação “União e Progresso” é eleita, um dos pilares que sustentou o grupo da “União e Progresso” durante toda trajetória da campanha em 2008, foi o transporte universitário, sonho que levou a comunidade a acreditar que no ano seguinte, os universitários seriam presenteados com 15 ônibus para o transporte universitário.
Que sonho bom era aquele sonhado com o até então candidato da época José Reinaldo dos Santos Júnior, e hoje Chefe de Gabinete, que se esqueceu de seu compromisso com o povo e a comunidade universitária, “que é inteligente, na hora de escolher, ela saberá escolher”.
Com o alto custo do transporte universitário, muitos estudantes que residem nas periferias do município, desistiram do sonho de seus pais, de verem seus filhos cursando uma faculdade, com a promessa de campanha do atual Chefe de Gabinete não realizada, o que era para ser um sonho, transformou- se em um pesadelo.
Perguntar não ofende, porque anda o Chefe de Gabinete que não vemos mais este na imprensa e nem nas rádios, para mencionar quando irá compra os 15 ônibus, conforme prometido na campanha de 2008?
Em 2012, essa comunidade será inteligente, e na hora de escolher, eles saberão escolher, porque como bem disse o Chefe de Gabinete “voto não tem preço, tem conseqüência”, e que conseqüência.

Nenhum comentário: