3 de set. de 2011

Uma imprensa partidária que vive a custa do dinheiro público.

Imagem ilustrativa, retirada da internet.
A imprensa tem sido partidária e preocupada em se dar BEM a custa do dinheiro público, ela defende seu patrão a qualquer custo, ou a custo de contratos com as prefeituras e câmara municipais desse Brasil a fora, suas páginas moldadas com omissão, soberana na suas atitudes omissas, falando nisto, veja o patrão da imprensa em suas páginas novamente, haja dinheiro público para bancar esse sistema!
A imprensa assume seu lado partidário, ela está na posição de ataque, pronta para defende a omissão, para proteger a ilegalidade, falando nisto, cadê a ética jornalística, não existe nesse cenário de algumas famílias recalcadas, que há anos vive a custa do dinheiro público, geração vem geração vai, parece que esse círculo vicioso nunca mudou e nuca mudará; ética, moral e respeito aos direito da comunidade, valores que parece estar longe da pagina dessa imprensa mercenária, com podemos ver, não há um olhar animador diante de tanta omissão, é preciso incutir um pedido de socorro, que nada mais, é o direito da comunidade nas páginas da imprensa.
Uma imprensa omissa, mercenária e com um olhar ambíguo para comunidade de baixa renda, os direitos constituídos da comunidade são negados nas páginas dessa imprensa mercenária, cega e muda, a uma coerção nas páginas da imprensa, que manipula e subtraí o direito constituído da comunidade.
A comunidade pagadora de IMPOSTOS, sem informação e com a omissão da imprensa mercenária que só pensa nela mesmo, seu poder aquisitivo cresce dia após dia, com os contratos exorbitantes com as prefeituras e câmara municipais desse Brasil da omissão, muito dinheiro público, e poucos fatos a serem vinculadas, cadê as autoridades competentes desse País da ordem e do progresso, para averiguar possíveis irregularidades: você já analisou quanto que a imprensa recebe para proteger seu patrão? Não esqueça que é você quem paga.
Enquanto que a imprensa se alimenta do dinheiro público, os palhaços pagadores de IMPOSTOS, que reside na periferia desses Brasil a fora, convive com a violência e a falta de investimento na comunidade, por tudo isso, vamos dar uma nova saia ou calça, para imprensa, mas que não seja azul, mas que tenha a cor da ética jornalística.

Nenhum comentário: