12 de jan de 2012

Três anos de administração do Grupo “Coligação União e Progresso”, o déficit habitacional cresceu junto com a venda de terrenos no município.

Imagem ilustrativa.
Três anos de administração do grupo “Coligação União e Progresso”, a comunidade ainda não presenciou grandes frutos desta Coligação, que até o exato momento, não apresentou uma solução que resolva o problema do déficit habitacional no município.

Os munícipes sofrem com o déficit habitacional que assola o município, sobre tudo, gerado pela inércia do grupo “Coligação União e Progresso”, depois que esta coligação assumiu o Paço Municipal, o déficit habitacional vem crescendo dia após dia.


O aluguel no município de Guaíra-SP, tem sido o mais caro da região, entretanto, os moradores de baixa renda, que necessitam pagar o aluguel de todo mês, para sua sobrevivência, são os mais prejudicados, com esse problema gerado pelo déficit habitacional.


Enquanto o déficit habitacional tem sido um problema na vida da comunidade menos favorecida, a venda de terrenos têm crescido no município nesses últimos três anos, ainda não sabemos quem ganha com tantos lotes sendo vendidos, e qual será o prejuízo que poderá acarretar ao desenvolvimento do município no futuro. Portanto, parece não haver expectativas por parte do grupo “Coligação União e Progresso”, para frear esse crescimento desordenado na venda de terrenos no município.

A comunidade de Guaíra-SP é inteligente, e na hora certa, ela saberá avaliar os três anos de administração do grupo “Coligação União e Progresso”, quanto ao déficit habitacional, e o crescimento desordenado na venda de terreno no município.

Nenhum comentário: