29 de abr de 2012

Cotas raciais aprovadas por unanimidade no Supremo Tribunal Federal (STF) - Ponto Final!



Após dois dias de julgamento, na última quinta-feira (26), os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), analisaram a ação ajuizada pelo partido Democrata (DEM), em 2009, contra o sistema de cotas, adotado pela Universidade de Brasília (UnB). O Supremo Tribunal Federal (STF) foi unânime, em manter o sistema de cotas raciais nas universidades públicas. Dez votos a zero foi o resultado do julgamento. Dos 11 ministros do STF, dez participaram do julgamento, apenas o ministro Antônio Dias Toffoli se declarou impedido de votar, porque quando era advogado-geral da União posicionou-se a favor da reserva de vagas. Entretanto, o sistema de cotas raciais, foi implantado como políticas afirmativas para diminuir as diferenças sociais existentes entre brancos e negros no País. 

Sobre a Globo e a sintonia com DEM: 

Será que agora a Globo e o DEM vai mudar seu discurso, e afirmar que o sistema de cotas raciais é considerado constitucional no País, e que a classe negra tem seus direitos assegurado pela Constituição Brasileira!? O jornal nacional mencionava rapidamente, em suas edições diárias, o assunto cotas racial nas universidades Brasileiras, com isso, houve uma aglutinação dos opositores, em torno da emissora, contra ás cotas raciais. Contudo, a emissora tentou convencer a opinião pública sobre a tese gerada pelo partido do Demóstenes Torres, ficou clara a sintonia da emissora com o partido do Demóstenes Torres . 

Sobre divulgação:

 Os jornalões que ostentam o poder da manipulação, por esse Brasil a fora, fez questão de não dar ênfase no resultado do julgamento  do Supremo Tribunal Federal (STF), demonstrando seu descaso com a classe negra. 




Nenhum comentário: