1 de mar de 2013

O Papa é eleito pelo Colégio dos Cardeais, e seu posto é VITALÍCIO



Por Lucas Benedito Saraiva Leite, em seu Facebook:

O Papa é eleito pelo Colégio dos Cardeais, e seu posto é VITALÍCIO. Seu cargo eclesiástico (Homem dedicado ao serviço da Igreja) é chamado de Papado e sua sede de "Santa Sé", o papa também é o Chefe de Estado da Cidade do Vaticano, uma cidade-estado soberana enclavada por Roma. 
A religião católica acredita que Jesus designou São Pedro como "pastor" e "rocha" da Igreja, chefiando-a,e os Papas, como seus sucessores (Pessoa que sucede a outra em um cargo, profissão, funções etc. Herdeiro. Pessoa com atributos iguais ou semelhantes aos de outra. Adj.Que sucede a outrem.


 O sucessor de São Pedro, o papa), possuem autoridade para governar a Igreja e a fé católica, e infalibilidade para ensinar e definir os pontos centrais da doutrina cristã (fonte Wikipédia). ENTÃO!!!?... Essa explicação toda, da séria conversa pra boi dormir é uma vergonhosa alienação total muito mais podre e contaminada pela ganância humana que envolve poder, cobiça, dinheiro, conforte, luxúria, riquezas, segredos guardados a 700 mil chaves... E ai fico por entender o quanto somos tapados.com. E a igreja é contra o aborto, o divorcio? Sendo que padres e papa não podem ter esposas, outra hipocrisia porque a Bíblia não proíbe que o pastor não case ou faça celibato. Mas encobre os distúrbios que a falta de uma orientação de ordem sexual afetiva inerente ao ser humano, tão importante como necessidades básicas durante a vida. Contradição atrás de contradições em nomes de tradições que estão confinadas nos rigorosos cofres e porões do vaticano. Jesus veio ser Rei, mas nasceu pobre, foi carpinteiro e usava roupas simples. Ora... Papa tem trono de ouro, ostenta verdadeiros palácios, roupas pomposas... mas é o Papa = pai. Seria como se Deus em momento de cansaço dissesse: chega... agora é com vocês. Renuncio ao cargo vocês que se entendam... O que aconteceu com o vitalício!? Ex-papa estará sendo igual ex-esposa ou ex-marido. Mas o que é pior... Renuncia e não sai do conforto de casa!? Ou a instituição como queiram... São contra o divórcio... Mas renunciar não é o mesmo que divorciar? Pode até não ser... Mas que estão numa linha tênue, isso estão. É uma pouca vergonha que não condiz com os princípios de Cristo. "O que faço para receber a vida eterna no paraíso? Doe tudo que tens e me siga." Ham!? Desde que isso não se aplique a algumas instituições, não só a católica. Ingenuidade a parte, a verdade é que religião ou religiões estão mescladas nas políticas e vice-versa. Tem muita coisa escondida. A começar por este tal de votação conclave onde eles votam em salas fechadas e tem que escrever disfarçando a grafia. Da série não vamos nos comprometer - não confiam nem neles. Estranho isso!? Aposentos papais...? Palácios, seguranças em tudo. Documentos confidenciais, obras de artes e sabe Deus mais o quê? Viva Mateus 24. Como se o pai ou Deus desistisse dos seus filhos. E assim, vão trocar a peça cansada, por outra que tenha uma boa aceitação e carisma. O dia que o novo papa andar com roupas simples e fazer uma verdadeira reforma na instituição católica, banindo e punindo nos crivos da lei os pedófilos e toda sorte de distúrbios contra a boa humanidade aos nossos semelhantes, permitir feiras e padres o direito de se casarem e terem filhos e partir dos princípios de seres humanos normais ai sim tudo terá total sentido. Repito, a Bíblia não proíbe que o pastor se case. Pelo contrário, recomenda que case e tenha filhos, seja boa pessoa com princípios, não seja beberrão ou fanfarão. Seja exemplo... E que exemplo são esses? O de renunciar? Montam o circo e vão votar... soltar a fumacinha... Começa tudo de novo... Mas o novo mesmo que são as reformas... Ah! Essa eu acho que não estarei vivo para ver acontecer. Digitei

Nenhum comentário: