6 de mar de 2014

SUCESSO DO GUAÍRA FOLIA REPERCUTE NA ECONOMIA

                                                                                      Prefeitura Municipal de Guaíra/SP:

Em matéria publicada quarta feira, dia 5, o Jornal A Cidade faz uma sondagem o crescimento na taxa de ocupação nos hotéis e frequência nos restaurantes. Termômetros da boa receptividade do público com o carnaval de rua de Guaíra que, com uma grade de shows de primeira linha atraiu, milhares de turistas. Os comerciantes em geral, ramo de roupas, calçados, alimentos e outros sentiram o impacto positivo do investimento público em uma festa de alto nível.


 De acordo com a enquete feita pelo periódico todos os hotéis consultados: Paranoá, Lago e Palmares o final de semana do carnaval registraram ocupação bem superior aos outros finais de semana. Lembrando, que por ser Guaíra uma cidade com economia voltada à agroindústria, os hotéis registram maior demanda durante a semana. Os hospedes geralmente são pessoas que vêm ao município a trabalho.
Um exemplo citado foi o Hotel Palmares informou que todas suas 47 acomodações foram ocupadas. O Hotel Lago e o Paranoá ficaram com metade de seus quartos ocupados, movimento considerado superior a de outros finais de semana. Implemento, também, registrado no ramo de alimentação, o Jornal 

 A Cidade ouviu a conhecida padaria Pão & Cia e a Churrascaria Recanto Gaúcho, ambos chancelando o aumento de movimento, sendo que o restaurante rodizio apurou 20% a mais durante o período, chegando a estender o horário de almoço . “Normalmente fechamos às duas horas da tarde, mas, hoje (segunda feira de carnaval) estamos aqui até depois das três”, declarou Otacir de Souza, o proprietário do restaurante para o Jornal A Cidade. 


 No geral pisaram na passarela de Momo em Guaíra entre 10 mil a mais de 20 mil pessoas por noite, com o ápice registrado na segunda feira, dia do show da banda Babado Novo, que lotou todo o espaço útil do recinto, que tinha a previsão de lotação máxima autorizado pelos Bombeiros de 22,5 mil foliões. A organização estima um público geral de 80 mil pessoas, com um consumo médio de R$ 15 precipita, ou seja, mais de um milhão de reais circulando no recinto do carnaval popular.

 CONTRAMÃO 

 Enquanto Guaíra registrou aumento da demanda por hotéis a cidade do Rio de Janeiro ícone do turismo brasileiro e dona do carnaval mais luxuoso e lucrativo do país, registrou queda na taxa de ocupação em relação média, para o período. No ano passado as reservas nos dias de carnaval na capital fluminense ficaram em 87,81% contra 74,84% deste ano. A pesquisa foi divulgada pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Rio de Janeiro.

Nenhum comentário: