3 de set de 2014

O Jornalão da Baronesa

Adeir Alves

Mais uma trapalhada do Jornalão da Baronesa que, após ter seus robustos contratos cortados com o Paço Municipal, incessantemente vem criticando ferozmente o atual governo eleito pela maioria pobre, a título de esclarecimento, nos últimos anos enquanto Guaíra enfrentava a dura escassez habitacional, que deixou a classe de baixa renda pagando o aluguel mais caro da região, o raivoso Jornalão abocanhava a robusta quantia de quase Meio Milhão em contratos assinados pelo Príncipe da especulação imobiliária para manter seu silêncio.


 Todos estão lendo o assassinato da liberdade de expressão e a ética jornalista sendo sepultado pelo o afrontamento da família do Jornalão. É do conhecimento de todos que essa imprensa sem ética montou uma trincheira contra o governo municipal - municiado com ódio e muita falta de ética -  apresentando um quadro clínico de grande deficiência cognitiva, sai da frente é um besteirol atrás do outro, até parece que baixou o espírito na Baronesa de Robert Murdoc dono jornalão Britânico, News of the World. 

É ingenuidade achar que os interesses da família do Jornalão da Baronesa é informar à população, cá pra nós, por conta da falta de ética, o atrapalhado órgão de imprensa fez previsões terríveis para nosso município, a título de lembrança: a construção das Mil casas populares nunca seria realizada em nossa Guaíra. O manipulador e tendencioso Jornalão tentou causar pânico entre à população, como também tentou incutir em seus poucos leitores, o ódio pelo atual governo - o gestor que não é nada bobo agiu rápido - o dinheiro que seria desviado, como foi executado em outras gestões, para sustentar a família do jornalão, contudo, a família Guairense aprovou a postura futurista do atual governo em comprar a área para construção de casas populares, por isso o incontestável órgão de imprensa está irritadíssimo! 

Apesar dessa lambança que a imprensa vem impondo, mesmo que sem o consentimento dos pagadores de impostos, a família Guairense está testemunhando e aprendendo o efeito de seu silêncio sob o autoritarismo da família do Jornalão, como nunca antes na história de nosso município. 

No último domingo, 31/08, a matéria de capa do Jornalão, que agora Deus tenha, criticou o atual governo, a matilha do editorial furibundo só faltou dizer que o atual governo é um monstro, a estratégia era, sem dúvidas, tentar passar a imagem que o orçamento participativo estava sendo um fracasso, entenda bem leitores desse humilde blog, em nenhum momento esse Jornalão sem ética convidou o povo em seu Jornal para participar do orçamento participativo, na verdade a torcida sempre foi contra o governo. 

 É analisando o silêncio do povo e lendo o despreparo do Jornalão que estamos aprendeu o quão a família da imprensa há décadas vêm atacando nossos governos e mudando o curso de nossa cidade, por conta de seus interesses financeiros.

Nenhum comentário: