24 de set de 2014

O Jornalão está mudando a história de Guaíra

Adeir Alves 

 Tem sido notório o papelão que a imprensa vem impondo a custa de não manter mais seus robustos contratos com a Prefeitura, como era realizada na gestão do Príncipe Azul da especulação imobiliária.

O povo de Guaíra é um povo humilde e trabalhador, que levanta cedo para conquistar com muito suor o pão de cada dia, bem diferente da família do Jornalão que quer a todo custo viver ancorado nos contratos com a Prefeitura, por isso vemos diariamente esse papelão feio que a imprensa e suas manipulações, sem o consentimento do povo, vem mudando a história de Guaíra. 


É um desamor pelo nosso município por parte de uma família que comanda há décadas um jornal vira-lata dos grupos políticos pertencente à classe dos ricos. Um Jornal criado para fins político e viver eternamente a custa da Prefeitura, isso tem deixado mesmo que em silêncio a família guairense chorando ao ver tamanha irresponsabilidade desse órgão de imprensa, que deveria servir ao povo, mas, entretanto, serve a seus interesses financeiros. 

Por que nobre leitor desse humilde blog, nossa Câmara, sem nosso consentimento sustenta um robusto contrato com esse Jornalão e, ao mesmo tempo recebe sua proteção? Por que o atual governo que resolveu acabar com a especulação imobiliária em  nossa cidade, vem sendo humilhado por essa imprensa das trevas? Infelizmente nós não somos culpados por permitir uma imprensa descontrolada e raivosa que ataca, humilha e destrói família de nossos políticos, a custa de sobreviver à sombra dos contratos com o Paço Municipal, é verdade que são nossos vereadores que precisam urgentemente refletir sobre a inércia de seus posicionamentos quanto ao desamor da imprensa pela nossa política?

 O que o atual governo fez de errado em comprar os alqueires para construção de casas populares para os mais pobres, em vez de sustentar de mamando a caducando a família desse Jornalão. 

Temos sim que discutirmos esse papelão que a família da imprensa, covardemente vem impondo, sobretudo, que imprensa essa que age como um partido de oposição aos governos que não realizam seus contratos, e você o que acha? 

O homem público tem família, tem filhos, é como todos nós, a cada ataque irresponsável da imprensa aos nossos políticos, a imprensa atinge diretamente o coração de suas famílias, e isso a família guairense não pode permitir?

Nenhum comentário: