3 de out de 2014

Guaíra\SP: A matemática é simples: avançar 10 anos em 4 que é igual a coragem!

Adeir Alves 

 Nos últimos anos, nosso município retrocedeu e muito no tempo no quesito básico sobre habitação, mas por lei, infelizmente, se discutiram sobre reajustes salariais por parte dos poderes executivo e legislativo e, habitação parece ter ficado no banco de reservas nesse jogo político. 

 Com as bençãos dos loteadores que, em sua maioria, são padrinhos dos políticos que deixam de pensar em seu povo, por causa de colaboração nas campanhas política, e, a inércia dos governos anteriores culminou nos avanços da especulação imobiliária predominando a "lei dos especuladores", que vendia seus lotes a preços de ouro. 


 Sem uma política habitacional para que alavancasse o município, Guaíra parou no tempo, favorecendo a fogueira do negócio da especulação imobiliária, rendendo altos lucros aos loteadores e manteve a imprensa lucrando em silêncio, que em momento algum se manifestasse sobre essa questão: para quê falar de habitação, sendo que vender anúncios é mais lucrativos? Aluga aqui... Vendi ali... Troca ou vendo...E as pessoas mais humildes que paguem altos alugueis. 

 O grande problema por parte da imprensa é que ela acredita que a memória do povo, é curta. Pobre coitada. O primeiro passo contra a manipulação,é a informação, por isso o nobre leitor deve se lembrar á época em que os loteamentos estouraram de tal forma que lotear terreno, era como ganhar na mega sena. É simples de entender: se não existia política habitacional, os padrinhos políticos "loteadores", cantão a canção: "Ra, ra, ra, mas eu to rindo ato". 

Tanto é verdade que sem política habitacional a coisa foi facilitando o crescimento de número de loteamentos aprovados pela Câmara Municipal nos últimos anos, aproximadamente 19, foi um negócio da China para os loteadores. Enquanto os munícipes acreditando nesse ou naquele político que prometia tantas casas, 450 casas e tal eram forçados a pagar os caríssimos aluguéis. 

Com a construção de 1000 casas populares, pelo atual governo, Guaíra irá avançar dez anos em quatro, sobretudo, o início das construções dessas casas, sinalizará para que nosso município enterre para sempre o desenfreado negócio milionário de especulação imobiliário muito acentuado nos últimos anos. 

 A comunidade aguarda ansiosa o início da construção de casas populares em nossa cidade, Guaíra voltará a andar nos trilhos novamente, outro fator importantíssimo para os munícipes será o resultado da implantação da política habitacional, ou seja, os loteadores serão forçados a vender seus lotes a preços justos.

 Tudo indica que o gestor que começar a construir as tão sonhadas casas populares, cairá nas graças do povo, como também será odiado pelos loteadores que, em momento algum, pensa no desenvolvimento do nosso município com seus altos preços imobiliários. Alem do ódio por parte dos loteadores a imprensa também terá prejuízos com menos anúncios para divulgar. Aí a formula mágica dessas pessoas, é uma só: vamos atacar juntos o administrador público, mirando as metralhadoras municiadas nos interesses imobiliários. Quem apóia quem esta contra o povo, não mereçe a credibilidade dos mesmo.

Nenhum comentário: