22 de mar de 2015

Próxima manifestação será a da vergonha em Guaíra - SP

Adeir Alves 

 É nosso direito, um direito Constituído que conquistamos juntos e, isso vai ficar em nossa memória e, sempre que haver desconfortos envolvendo nossos políticos inflamos nas ruas. Sim nós podemos, toda nossa comunidade livremente a qualquer dia, a qualquer momento poderá sair às ruas e protestar sempre que no cenário político não estiver de encontro aos anseios dos Brasileiros. Afinal o povo saiu às ruas e derrubou a Ditadura Militar após 21 anos, naquela época o povo venceu, foi, no entanto consolidado a maior virtude do povo Brasileiro. 


Em nosso município é preciso urgentemente haver uma manifestação legítima oriunda do povo, exaltando todos os direitos que foram negados à família Guairense nos últimos anos, falo mesmo de sairmos às ruas e reivindicar o que é nosso por direito e que foi negado a todos nós. Entretanto, infelizmente, o que não deveria ser, mas é nas ruas que estabelecemos nossos anseios assegurados por nossa Constituição. Como bem disse o sábio da política nacional Ulisses Guimarães: “A única coisa que mete medo em político é o povo nas ruas”.

 Mas desta vez a tarefa é árdua, a batalha é extensa, mas sem as armadilhas e o dedo de seta da família-imprensa apontando para seus interesses financeiros. A união do povo será sempre legítima, porém não há como ver que existe uma lacuna na cidade em vários aspectos que, na verdade foi esquecido por outros gestores tempos atrás, todavia um fator de grande importância e que predominou em nosso município foi à questão da escassez habitacional muito acentuada nos últimos anos, bem que poderia ser a bandeira deste protesto. 

Convenhamos que em nosso município exista uma gama de reivindicações que será pautada nas prioridades de nossa comunidade. O protesto da vergonha se faz justo quanto à indignação e a proliferada pela farra de loteamentos que culminou para o crescente negócio da especulação imobiliária e que, sob o silêncio da imprensa conduziu a família guairense de baixa renda a pagar o aluguel mais caro da região. 

Também poderá ser incutida na pauta de reivindicações a importantíssima questão dos 15 ônibus universitários que foi prometido e não cumprido. Vamos protestar sim? 

 A questão da internet gratuita que também foi um sonho de nossa comunidade sonhado juntos com os políticos da época e não foi concretizado. Vamos protestar sim? 

 A questão da habitação muito enfatiza nos palanques nos últimos anos e não concretizada. Vamos protestar sim! 

Vamos protestar contra o autoritarismo e a falta de ética que assola nossa imprensa. Vamos protestar sim? 

É um momento mágico que vive nosso País sob a coragem do povo Brasileiro, e Guaíra não irá ficar de fora. É assim que vamos colocar nosso município em consonância com nossos anseios e, sobretudo, os interesses públicos acima de qualquer sonho político, para tanto cobraremos o que foi prometido nos últimos anos, como também reivindicaremos no final de todos os mandatos que vierem acoplados suas devidas promessas.

Nenhum comentário: