18 de mar de 2017

O prefeito e o amor por Guaíra

Por Adeir Alves:

 Nosso município passa por momentos difíceis com grandes problemas a serem resolvidos pela a atual gestão. Na solução de um problema sempre há uma fórmula para resolvê-lo e sanar as barreiras que atravancam o desenvolvimento de nossa cidade, para isso é necessário que haja boa vontade por parte do prefeito municipal, dos vereadores e dos cargos comissionados, explico: 

Você leitor que acompanha diariamente as postagens nesse humilde blog deve estar pensando o que o chefe do executivo, os nobres vereadores e os cargos de confiança podem fazer para alavancar o desenvolvimento de Guaíra, mas antes de chegamos a equação de todos esses problemas que assola a cidade, é preciso entender que há uma escassez de investimentos nos setores públicos e isso tem gerado certo desconforto na população pagadora de impostos.


 Um assunto muito pertinente é a questão das entidades que precisam da ajuda dos recursos oriundos do poder público, para continuar sobrevivendo em meio à crise que cobre o País, entretanto o trabalho desenvolvido por nossas entidades é de excelência com as crianças e adolescentes, na sua grande maioria, é um público pertencente à classe menos favorecida, tenho certeza que o prefeito eleito para governar para todos, vai pôr a mão na consciência e por amor a cidade, vai abraçar essa brilhante proposta, que logo abaixo será mencionada por esse blogueiro, na verdade não é só uma proposta, é um anseio de nossa população.

 Esta proposta vai de encontro ao socorro que precisa vir com urgência ao almoxarifado, no que diz respeito à frota de veículos que estão sucateadas, claro que isso é uma herança que o atual prefeito teve que abraçar, como também resolver os problemas da saúde pública.

 Uma alternativa justa e compreensiva que pode sanar todos os problemas envolvendo nossa Guaíra, contudo, é uma proposta simples mas de grande valor humano, que precisa do bom senso e da boa vontade por parte do governo.

 Tudo é por amor a Guaíra, o prefeito José Eduardo Coscrato Lélis (PSDB) em uma profícua reunião com os legisladores e cargos de confiança anunciaria a sua grande proeza que, de fato, todos caminhariam na mão única do desenvolvimento da cidade e, para isso, reduziria seu próprio salário (vocação pela política ) que atualmente é uma robusta quantia de R$ 25 Mil Reais sendo o mais alto valor pago a um prefeito no estado de São Paulo e os vereadores também diminuiriam os seus devidos salários que são de aproximadamente R$ 6 Mil Reais ao mês, e os cargos comissionados que são de R$ 7 Mil Reais, abraçariam essa ideia e também abaixariam os valores de seus salários, tudo por amor a cidade.

 Após a redução dos devidos salários que seriam uma atitude nobre e justa em prol de nossa comunidade, quantos investimentos as entidades seriam contempladas, os servidores públicos teriam um aumento de salário digno (isso sepultaria a queda de braço entre prefeito X funcionário público), quantos investimentos teríamos na cidade, a compra da tão sonhada frota de veículos novos do almoxarifado, não faltaria mais remédios nas prateleiras da farmácia municipal, entre outros investimentos nos setores públicos? Feito isso, o prefeito escreveria sua biografia nas páginas do certo e do belo e dos princípios éticos e morais, com certeza ele entraria para a história do município!

O filósofo Immanuel Kant escreveu que existem dois objetivos morais para os homens e que esses objetivos são, para ele, deveres e a felicidades do outro e o aperfeiçoamento de si mesmo.

 Mas para que esta proposta movida pelo anseio de nossa comunidade torne-se realidade e Guaíra avance rumo ao desenvolvimento, é preciso que os políticos entendam que, ao assumir um cargo público, é a mais bela vocação, é gostar da política  e  viver  para a política, diferente  daqueles que vivem da política á procura de um emprego com bom salário.

Nenhum comentário: