5 de mai de 2017

Uma possível candidatura a Deputado Federal poderá ser uma estratégia da base Carlista

Por Adeir Alves:

Zé Carlos Augusto (DEM) adquiriu notável experiência em administração pública e bagagem política quando governou Guaíra nos anos de 2009 a 2012. Experiência que impulsionou Zé Carlos para que ele assumisse em 2013 o cargo de diretor regional do escritório da Casa Civil do Estado de São Paulo, tendo contatos com vários municípios e criando vínculos com os prefeitos das cidades vizinhas a Guaíra, ações políticas que culminaram para fortalecer seu nome no cenário politico de nossa região. 

 Na atual administração, Zé Carlos exerce a função de Secretário Geral, ainda não sabemos o porquê com toda essa experiência em gestão pública, vínculos fortíssimos com a equipe do Governo do Estado de São Paulo e grande popularidade com a classe de servidores públicos municipais, ele não têm tido a devida visibilidade na atual gestão, certo disto, ele não aparece nas ações da máquina pública direcionadas a sua pasta, ele até parece um secretário invisível nas ações da prefeitura e um espécie de fantasma político para o fogo amigo.


 Com a muralha da vaidade erguida na atual administração que, frequentemente cerceia a visibilidade de Zé Carlos deixando-o de mãos amarradas no que tange a desenvolver um trabalho político junto a comunidade e, com a popularidade do atual prefeito descendo ladeira, o grupo Carlista precisará agir rápido antes que a imagem política dos mesmos tome o mesmo desfecho da gestão. 

 O que poderia ser uma geniosa jogada política do grupo Carlista: No ano que vem tem eleições para Presidente, Governadores, Senadores, Deputados Federal e Estadual, em todo território Brasileiro, o vento sopra na direção de Zé Carlos, explico: 

Antes que alguns internautas raivosos (são poucos) relincham suas ignominias e seus discursos vitupério na tentativa espúria de cercear o contraditório... Quero deixar bem claro que não sou apoiador do grupo Carlista só estou fazendo uma análise do cenário político municipal. 

 No entanto, seguindo a linha do raciocínio do texto, com a candidatura de Zé Carlos a Deputado Federal consolidando a frutífera dobradinha com o Deputado Estadual Roberto Engler (PSDB) uma jogada política que fortaleceria e projetaria o nome de Zé Carlos para as próximas eleições municipais; não é preciso ter em mãos uma bola de cristal para ver que esta estratégia é a carta na manga da base Carlista, mas por outro lado, alavancar o nome de Zé Carlos vai gerar ódio no fogo amigo, na verdade essa ideia vai acendendo confrontos políticos, cujos os métodos dantescos serão enfraquecer a estrutura Carlista.

Com a promessa de ter um filho de Guaíra junto ao Congresso Nacional capitaneando verbas para cidade,a família Guairense abraçaria de coração aberto e, com certeza, daria um voto de confiança a Zé Carlos.

 Com a candidatura de Zé Carlos a Deputado Federal soa alto haveria uma explosão de votos, como nunca antes na história do município.  Ana Beatriz Coscrato Junqueira (PSDB) a Dr. Bia, não aguentaria a sedução pelo cenário favorável a base carlista e se juntaria a nova frente politica: Zé Carlos e Dra. Bia Junqueira consolidando a voz do povo!

 Na verdade Dra. Bia Junqueira somaria força ao novo grupo liderado por Zé Carlos. Os vereadores Dr. Cecílio José Prates (SD) e José Mendonça (SD), ambos sentiram a dor do isolamento político e, com nome de Zé Carlos e Dra. Bia Junqueira sendo os favoritos para uma possível disputa ao comando da prefeitura em 2020, não seria difícil convencê-los a unir forças; os vereadores José Reginaldo Moreti (PMDB), e Rafael Talarico (PSDB) também seriam seduzidos pelo clima favorável e nutriria a nova coalizão alicerçada no slogan: “Mais participação popular nas decisões do governo”.  

Caio Augusto (DEM), José Reinaldo (PTB), Cecílio Prates (SD), José Mendonça (SD), José Reginaldo Moreti (PMDB), Rafael Talarico (PSDB) e Dra. Bia Junqueira (PSDB), Zé Carlos é maioria na Câmara de Vereadores, todavia, isso deixaria o juntado de Zé Eduardo enfraquecido já que o mesmo não tem um nome de peso para substituí-lo em uma possível sucessão.

 Fortalecendo o nome de Zé Carlos nos pilares de uma possível candidatura a Deputado Federal, antes cedo do que tarde, é aproximar-se do povo e forjar um escudo contra um possível confronto político com fogo amigo. 

 Havendo no futuro um pega esse, pega aquele e vamos que vamos entre Zé Carlos Soares, Denir Barulho e Sérgio de Mello e outros gatos pingados... Não seria difícil para Zé Carlos vencê-los nas urnas.

Nenhum comentário: