28 de abr de 2018

Passeio Ciclístico

27 de abr de 2018

A VERDADE PRECISA SER DITA!

Por Ana Beatriz Coscrato Junqueira, em sua página no  Facebook:

Preciso esclarecer a população que desde que tomei conhecimento dos indícios de irregularidades na concessão do auxílio transporte eu informei o Poder Executivo. Em último caso, levei ao conhecimento do Ministério Público por meio de uma representação. Entendo que devemos orientar, mas se não existir resposta, não posso permitir que irregularidades ocorram. Pois bem! Outro ponto que gostaria de esclarecer é que a prefeitura emitiu nota para a imprensa afirmando que já tinha tomado atitude em dezembro de 2017. O que mais estranha é que mesmo tomando atitudes, fizeram pagamento irregular em janeiro de 2018. O Ministério Público irá apurar as irregularidades e apontar possíveis culpados. Com dinheiro público não se brinca! Não tenho nada contra empresas, associação e principalmente estudantes. Meu objetivo é evitar o desperdício do dinheiro público que, se bem aplicado, pode garantir a continuidade deste auxílio por muitos anos. As pessoas precisam entender que a administração pública não é a extensão de suas casas. Em se tratando de público, tudo tem que seguir as leis!
Imagem ilustrativa

24 de abr de 2018

A ascensão da popularidade de Bia Junqueira; Zé Carlos uma carta fora do baralho!

Por Adeir Alves: 

 A política fragilizada imposta pelo atual governo tem demandado um desgosto movido pelo descontentamento da população. A escassez de remédios, o pedido de demissão de alguns médicos do sistema de saúde pública, os problemas envolvendo a Iluminação e a Limpeza pública que não se resolvem, a falta de planejamento para a construção dos espaços Esportivos, Culturais e Lazer na região oeste do município somado a ausência de Políticas Públicas nos Bairros, o abandono das Praças Públicas, os inúmeros buracos nas ruas, o esquecimento de políticas de Geração de Empregos, o abandono da UPA, o abandono da construção do Centro de Referência de Assistência Social - CRAS no Bairro Mutirão I, o abandono da Estação de Tratamento de Esgoto – ETE, a ampliação do Cemitério Municipal, a deficiência de políticas habitacionais, enfim, Guaíra não tem apresentando um projeto de desenvolvimento econômico e social nesse um ano e quatro meses de gestão pública, para solucionar todos os problemas citados acima.

22 de abr de 2018

Plano de saúde deve ficar mais caro

Convite: 2º SEMANA DE OGUM

Integração, Manifestação e Valorização das Tradições Culturais de Matrizes Africanas 

 NÃO PERCA!!!!! 

 De 26 a 28 de Abril em Guaíra-SP 

 Datas / Locais e Horários: 

 26/08/2018 (Quinta-feira) - Casa de Cultura de Guaíra 

 10:00 h - Exposição Caminhos dos Orixás

17 de abr de 2018

Câmara realiza hoje Sessão Ordinária

Hoje,17, ás 20h na Câmara Municipal, acontecerá mais uma importantíssima Sessão Ordinária. Desde já convidamos toda a população para assistir e prestigiar o trabalho dos vereadores que nós escolhemos. É muito importante a presença da população, bem como dos presidentes de bairros, entidades sociais, representantes da Ordem dos Advogados do município (OAB), autoridades e demais pessoas da comunidade durante a Sessão, que poderá votar projetos que vão de encontro aos anseios do executivo municipal. 

A pauta  e a ordem do dia já estão    disponível no site da Câmara Municipal para quem quiser visualizar: www.camaraguaira.com.br

16 de abr de 2018

A reforma administrativa pelo bem de Guaíra!

Por Adeir Alves: 

 Na última sessão ordinária que aconteceu nas dependências da Câmara Municipal no dia 03/04/18, o vereador Cecílio Prates (SD) fazendo uso de suas atribuições legais chamou a atenção dos munícipes quando salientou em sua sábia fala um assunto importantíssimo envolvendo a folha de pagamento dos servidores públicos que, segundo ele, senão houver a reforma admirativa poderá ser comprometida. 

 O pronunciamento de Cecílio sobre a reforma administrativa é uma pauta de grande relevância porque se nada acontecer a máquina administrativa vai sofrer desgastes nas suas engrenagens (folha de pagamento), impossibilitando o desenvolvimento da cidade. E é partindo desse conceito, se nada acontecer - o próximo prefeito vai abraçar uma Guaíra desgovernada - e é por esta razão que todas as autoridades competentes, sindicatos, instituições não governamentais, sociedade civil organizada, empresários e entidades, etc... Que se preocupam com o futuro da cidade precisam olhar criticamente para esta problemática. 

15 de abr de 2018

SINDICATO EM DEFESA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE GUAÍRA-SP

Do Sindicato dos Servidores Públicos do Município de Guaíra-SP: 

 SINDICATO OBTÉM VITÓRIA JUDICIAL IMPORTANTÍSSIMA EM DEFESA DOS SERVIDORES MUNICIPAIS DE GUAÍRA-S


ADIN movida pelo Sindicato dos Servidores de Guaíra-SP foi julgada procedente e confirmou a inconstitucionalidade do § 6º do Artigo 124-A do Estatuto dos Servidores Municipais que prejudicava servidores ao prever que “servidores que tivessem mais de duas faltas justificadas perderiam o Auxílio Alimentação”. A malfadada lei draconiana descrevia um rol de doenças que também foi considerado inconstitucional, graças à atuação do Sindicato. 

RESÍDUO DE COURO PERMANECE SEM DESTINAÇÃO CORRETA!



ONDE ESTÁ O RESPEITO AO MEIO AMBIENTE? RESÍDUO DE COURO PERMANECE SEM DESTINAÇÃO CORRETA! 

 Na tarde de hoje visitei a usina de reciclagem de lixo para verificar a situação do depósito do resíduo de couro industrial que foi despejado irregularmente em nosso município. Mais uma vez confirmei que nada foi feito pela atual administração em relação a este material que permanece no mesmo local, a céu aberto Lamentável esta realidade, um desrespeito ao nosso meio ambiente e até mesmo aos trabalhadores da cooperativa de material reciclável que desempenham suas atividades no local. Eu pergunto: até quando? 

CONFIRA O VÍDEO: 

 Da página no Facebook: TV GUAIRA - A Hora Da Verdade

Passeio Ciclístico:

14 de abr de 2018

Sindicato dos Jornalistas de São Paulo sob ataque

Do site do Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo:

 O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo (SJSP) vê-se sob intenso ataque público, desde a última segunda-feira (9/4), realizado por importantes empresas de comunicação – como o jornal O Estado de S. Paulo, a rádio Jovem Pan, a TV Bandeirantes e o site de Veja – e alguns de seus porta-vozes. Seu grande objetivo é afastar os jornalistas do Sindicato, para, dessa forma, enfraquecer a ação coletiva da categoria em defesa de seus salários e condições de trabalho, seriamente ameaçados pelas empresas, que se apoiam para isso na reforma trabalhista de Temer.