29 de jun. de 2012

Mantém a guarda Guerreira!

Recentemente em no município, uma Jovem de muita coragem, a Monize Taniguti tem um Caráter ético de dar inveja a qualquer jornalista que preze pela ética, em seu trabalho, ela é mesmo, uma guerreira, que resolveu mostrar a verdade, que até então, estava escondida. Nasceu em Guaíra-SP, um Jornal sério e coerente, e acima de tudo ético.
A jornalista Monize caiu nas graças da população, que agora tem um jornal, com a cara do povo, informação, seriedade e o principal, a ética, de uma forma clara, e coerente tem informado a população a real situação que está nosso município.
Entretanto Guaíra, não pode ser terra dos Coronéis (é época da ditadura mesmo), não podemos permitir que nosso município, os Coronéis Governem a mão de ferro e fogo.
Na última quinta-feira (28), um susto, um fiscal tributário do Prefeito José Carlos Augusto (DEM), esteve na casa da jornalista, que é o local que se encontra “O Jornal”, fiscalizar o quê?
A jornalista parece que começou a incomodar o Governo do Prefeito José Carlos Augusto (DEM), depois que, de forma coerente, alertou a população sobre como anda a verdadeira situação do município.
A população não pode permitir que a jovem jornalista Monize Taniguti, seja vítima de um Governo autoritário. Silêncio não! Portanto, mantém a guarda guerreira, fé em DEUS, que ele é justo, continua assim com seu trabalho ético e responsável, vivemos em um país DEMOCRÁTICO, somos livres, o que está acontecendo em nosso município, ninguém pode dizer que é livre como pássaro, se ao mesmo tempo, é perseguido.

Plano de Governo do Prefeito José Carlos Augusto, em 2008, assista ao vídeo e veja o que foi concluído?




Sobre o compromisso do Transporte Universitário:

28 de jun. de 2012

POR TELEFONE, CHEFE DA TRIBUTAÇÃO NEGA AMEAÇA E DIZ QUE AÇÃO DOS FISCAIS NA CASA DE MONIZE FOI "ROTINA"

Por Conrado Vitali, em seu Blog:

Este é o Edvaldo, chefe da tributação da prefeitura de Guaíra: segundo ele, o constrangimento imposto à mãe da jornalista foi um "procedimento de rotina". Sei. Uma rotina muito parecida com a de palácios que abrigam ditadores que só se preocupam em empastelar jornais e calar a imprensa. Collor tentou fazer isso com a Folha de São Paulo no início dos anos 90: acabou no lixo da história, de onde nunca mais conseguiu sair

Sei, então tá. Einstein já disse certa vez que "duas coisas são infinitas: o universo e a estupidez humana". Se ele vivesse em Guaíra confirmaria sua tese ao avaliar a genialidade dos estrategistas políticos do governo José Carlos Augusto. Quando você pensa que já viu tudo em termos de comportamento asinino, novas pérolas do mundo quadrúpede aparecem. Deus do céu. Jumentos da terra. Como é possível a um governo fazer tanta besteira, uma atrás da outra, em tão pouco tempo Eles estão perdendo qualquer tipo de contato com a realidade. Fiscais tributários que nunca haviam dado o ar de sua graça na casa da Monize, onde fica a sede do novo O JORNAL - que vem criticando brilhantemente a prefeitura desde que foi lançado, há 4 semanas - apareceram por lá hoje, logo de manhã, constrangendo a pobre mãe da jornalista, desfiando para aquela senhora que mal havia acabado de digerir o café uma série de exigências fiscais que a filha deveria cumprir e apresentar à prefeitura. Na sequência, avisada, a Monize liga pro Edvaldo Faria, chefe do setor de Tributação, cargo com status de secretário municial da Receita. De forma "cândida, púdica e inocente" o chefe da tributação acaba de afirmar à Monize que "se trata de um procedimento de rotina". Sei, Edvaldo, então tá. "Procedimento de Rotina".....Deus do Céu. Jumentos da terra. A quem o Paço Municipal ainda espera enganar ? Talvez alguma Pollyana, aquela do "Jogo do Contente", perdida em alguma esquina de Guaíra. Ou então a algum dos patos que rasgam garbosamente as águas do Lago Maracá...Deus do céu.Jumentos da terra. A prefeitura, sob o governo de José Carlos Augusto e a chancelaria de José Reinaldo dos Santos Júnior tornou-se um hospício. Transformaram-se todos em personagens de uma ópera-bufa. E o pior é que eles acreditam em seus próprios delírios. O poder que corrompe é o mesmo que cega, transformando agentes públicos em idiotas a serviço de uma causa perdida. Caro Edvaldo você, como servidor público, como funcionário de carreira, não precisava se submeter à estupidez de quem está vendo o controle das coisas escorrer pelos dedos. Quem está de passagem pela prefeitura é o primeiro-ministro, que ocupa cargo de confiança. Você não, você tem estabilidade e poderia muito bem ter dito a ele: "Zé Reinaldo, se você quiser fazer mas uma asneira, faça você, sozinho, fique à vontade; mas não conte comigo; me inclua fora dessa". Vá pra cima deles, japonesa. Não se intimide. Abrace a verdade.

Paraguai e o Golpe.


Foto - EX - Presidente do Paraguai, Fernado Lugo, vítima do Golpe.
O Paraguai, um pequeno País que faz divisa com Brasil, viveu recentemente, um dia de fúria, no qual um circo foi montado pelo Senado direitista paraguaio, para destituir e derrubar, em tempo relâmpago, um Presidente eleito democraticamente.
O Senado Paraguaio foi contra o estado democrático que rege o País, e montou um golpe para derrubar o Presidente Lugo, que até então, seu governo, iniciou uma luta em prol a reforma agrária, no País, sobre tudo, os fazendeiros ligados a partidos políticos da direita, seria atingindo pela reforma agrária.
Lugo defendia uma reforma agrária que poderia, eventualmente, prejudicar os interesses dos grandes produtores ligados a partidos políticos contra seu Governo: a reforma agrária no País colocaria o Paraguai, em pleno desenvolvimento econômico e social.
Sobretudo, o senado Paraguai, em menos de 36 horas, julgou e sentenciou, sem lhe dar direito à defesa, e ao mesmo tempo, o circo foi montado para elegeu um Presidente, que atendesse os anseios do partido ligado à direita. O Senado Paraguai, violou o “Artigo 17 da Constituição paraguaia, que assegura o direito a defesa adequada”.
O Paraguai até 1989 esteve sob a ditadura do General Alfredo Stroessner, apoiada pelo partido colorado, pelos fazendeiros e pelos grandes meio de comunicação, que contribuíram para perpetrar um estado ditatorial, no País.
Em 2008, com 41% dos votos, Lugo é eleito, quebrando uma hegemonia de 6 décadas do partido colorado, mas ele não consegue a maioria no Congresso. Lugo tentou uma coalizão com partidos de oposição, incluindo a mídia Paraguai, que nunca aceitou um ex- bispo que se preocupa com os pobres, na presidência do País.
Para entender o sentido do golpe montado pelo Senado Paraguai, voltamos era (Stroessner 1947-1989), que, com forte influência com o partido colorado, na época ditatorial, Stroessner, tomava terras de oposições a seu governo, e dava como presente a pessoas ligadas ao partido colorado, portanto, houve um crescimento e enriquecimento da elite empresarial e uma oligarquia latifundiária, no País
O motivo para os golpistas destituir Lugo da presidência: foi o recente acontecimento, em Curuguaty, região Noroeste do Paraguai, fronteira com o Brasil, que causou a morte de 11 camponeses e seis policiais, e deixou mais de 53 feridos.
Tudo começou quando 100 famílias de sem terras, tentaram ocupar as terras improdutiva do latifundiário e ex-senador do Partido Colorado, Blás Riquelme; houve um tiroteio, proporcionado pelos atiradores contratados pelo fazendeiro. O Juiz que tem forte ligação com o partido colorado deu a ardem de desocupação, enfim, consumado o golpe.
Fernando Lugo é um ex-bispo, católico e seguidor da teoria da libertação, ele não teve uma estrutura partidária organizada isso foi sua maior fraqueza. A presidenta Dilma e os Países da America Latina não deverão reconhecer o novo Presidente fruto do golpe e, portanto, o Paraguai será expulso do MERCOSUL, até que haja novas eleições, no Paraguai e instituído um Presidente eleito democraticamente.

27 de jun. de 2012

Homenagem a Claudionor Pereira Castro


O Governador Rotário do Distrito 4540 (Que compreende os Rotary Clubes da Região de Ribeirão Preto) Fernando Jorge Vallada Roselino, mandou um e-mail para o Secretário do Rotary Club de Guaíra Juliano Aparecido Rocha Rodrigues informando que o Companheiro Claudionor Pereira de Castro receberá um Título Paul Harris, maior comenda que o Rotary oferece, a qual será dada no dia 23/06/2012 na Associação dos Rotarianos de Ribeirão Preto-SP pelos relevantes serviços prestados como Governador Assistente do Grupo 2 (Que compreende os Rotary Clubes das seguintes cidades: Guaíra, Ipuã, São Joaquim da Barra, Orlândia, Morro Agudo, Sales de Oliveira) no período de 01 de julho de 2011 à 30 de junho de 2012, onde este conseguiu cumprir todas as metas, bem como realizou muitas coisa aquém de sua responsabilidade. Claudionor Pereira Castro levou o nome do Rotary Club de Guaíra-SP para nossa região, primeiro como Presidente no ano 2009/2010, onde um dos vários projetos e trabalhos que este desenvolveu juntamente com os companheiros do clube, foi o Projeto para APAE de nossa cidade no valor de R$ 55.500,00, e agora como Governador Assistente do Grupo 2 no ano 2011/2012, engrandecendo cada vez mais nossa cidade, e isto nos orgulha, e somos gratos a você, pois como diz o lema rotário: “dar de si, antes de pensar em si”, isto você tem feito, assim como teve o apoio e compreensão de sua esposa Maria Antônia de Souza Lima Castro, também dedicou-se completamente ao serviço designado a sua pessoa. Por isso finalizamos citando Fernando Pessoa: “Tudo vale a pena, quando a alma não é pequena”, e você meu Caro Claudionor Pereira Castro tem uma alma grande, pois você fez valer à pena e contribuiu de maneira significativa para a nossa região, com o seu serviço voluntário desinteressado em favor do próximo, parabéns.

Conheça a história de vida de Denir Ferreira dos Santos – Adquira já seu livro.

Conheça a história do empresário Denir Ferreira dos Santos, de engraxate se transformou em um grande empresário de sucesso, em nosso município. Adquiria já seu livro, e emocione com a história do empresário Denir Ferreira dos Santos!

Brasileiros protestam contra Golpe no Paraguai.

25 de jun. de 2012

DESISTA ZÉ REINALDO; CUIDE DA CAMPANHA DO ZÉ CARLOS


Aí Rafinha, te cuida: quero uma foto igual mas já aviso: vou superar seu rercorde. Que vença o melhor


Por Conrado Vitali, em seu blog.
O primeiro-ministro do regime carlista acabou de mandar um recado para o veado campeiro. Procurou o novo O JORNAL no final da manhã desta segunda-feira,25, na tentativa - mais uma entre tantas fracassadas - de frear o vibrante trabalho realizado pela colega Monize Taniguti. Com a conversa de sempre - justamente a que nunca me apeteceu - tentou convencer a intrépida mestiça de que daqui a alguns dias ela não vai poder sair às ruas. Concordo. O assédio de pessoas elogiando o trabalho dela e loucas para assinar o novo JORNAL está tornando a Monize uma celebridade. Fosse eu, teria respondido ao Zé Reinaldo: "senhor primeiro-ministro, se tem alguém aqui que precisa provar alguma coisa para a população é o senhor e o governo que o senhor representa. Estou aqui cumprindo meu papel como jornalista e se vocês pensavam que estava tudo tranquilo, tudo calmo, enganaram-se enormemente". Como não tem coragem de ligar pra mim, Zé Reinaldo mandou recado pela Monize, dizendo que acionou um advogado na tentativa, vã desde o nascimento, de me intimidar."Ai que meeeda..." Mais um idiota. Posso dizer que já liguei para o Rafinha Bastos, ex-CQC, e o alertei: "Ô Rafa, te cuida; vou superar você em número de processos na Justiça". É bem verdade, como disse meu advogado aqui de Brasília, um sujeito inteligentíssimo, que a litigância de má fé (o Zé Reinaldo não conseguiu ser aprovado no exame da OAB mas deve saber o que é isso) pode me render uma boa poupança. Vou gastar tudo em vinho tinto para completar minha adega - sou um perdulário vocacionado - no momento apropriado. Da mesma forma, amigos grandes juristas (autores de livros que certamente foram lidos (será ?) pela bacharel e dublê de prefeito que tenta me intimidar) com quem tive a honra de estabelecer uma convivência produtiva, comungam da mesma opinião do meu defensor. O que o primeiro-ministro precisa entender é que o projeto do novo O JORNAL não tem volta. Se você, caro leitor, gosta de água com açúcar ou chá de camomila, fique com a concorrência. Nós não nos importamos. Desejamos a você, inclusive, uma ótima leitura. Boa para dormir. Mas, se do contrário, quer ficar ligado no 220 e ter o prazer de conhecer a verdade, continue com o novo O JORNAL. Enquanto, como um anjo de candura, Zé Reinaldo falava com Monize ao telefone, ao mesmo tempo o jornalista Cleiton Thomaz usava seu espaço em emissora que mantém boas relações com a prefeitura para "pedir à população" que "não ficasse contra a Monize". "Que população é essa, cara pálida ?" . Só se for o grupo atingido diretamente pelas denúncias do novo O JORNAL. A população que interessa e desespera o Paço Municipal está do lado das deliciosas e demolidoras reportagens investigativas do novo periódico. Desista Zé Reinaldo; cuide da campanha do Zé Carlos. Ele vai precisar. Coragem Monize; só é assediado quem tem poder. Se você não o tivesse, sequer estariam lembrando da sua existência. E repito: o que está em jogo é um projeto de poder que confere ao vencedor a prerrogativa de manusear R$ 100 milhões anuais. E eles ainda têm a audácia de achar que você vai acreditar que a estão "aconselhando" porque são "seus amigos". Então tá. Segue o enterro. A estupidez é insistente e costuma não ter limites.

Cleusa Piane Munícipe diz que não foi devidamente tratada pelo Chefe do Gabinete.

Quadra do Bairro Padre Mario Lano, a COHAB I – continua abandonada pela Administração Pública, na Periferia de Guaíra/SP


A quadra do Bairro Padre Mario Lano, a COHAB I, está há tempos sem os devidos cuidados por parte da Administração Pública. Sem água; sem banheiro; sem cobertura, o sol é muito intenso, está sendo muito difícil para os moradores desse Bairro, praticar esporte nesta quadra, que há muito tempo se encontra abandonada.

O prédio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) Ainda Continua Abandonada na Periferia de Guaíra/SP.

Onde funcionava a antiga Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) / Primeiro Distrito Policial, ainda se encontra abandonada. A comunidade sofre com barulho á noite, e a proliferação de bichos peçonhentos no local, está evidente o despreparo da administração. Desde que o grupo da Coligação União e Progresso assumiram o Paço Municipal, em 2009, o prédio da antiga Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) continua abandonado, por falta de investimento.

24 de jun. de 2012

TV pública é atacada pelos Golpistas

SP contra o golpe no Paraguai

Paraguaios sofrem repressão após o Golpe

Pronunciamento de Fernando Lugo após o Golpe


Em menos de 48 horas, o senado Paraguaio aprovou o impeachment do Presidente Lugo, que foi acusado e julgado culpado em um processo inconstitucional, por um Legislativo que ignorou todos os processos democráticos no País.
Com 39 votos a favor da condenação – dois se obtiveram de votar e quatro senadores votaram contra o circo montado pelo senado ligado a forças da direita Paraguai.
O senado Paraguaio julgou e condenou Lugo por mau desempenho de suas funções e pelo recente conflito agrário no país, que resultou na morte de 11 camponeses e seis policiais. Lugo tentou de todas as formas impedir o julgamento político, portanto, apresentou uma ação de inconstitucionalidade à Suprema Corte de Justiça para tentar suspender o circo montado pelo senado Paraguaio, seu Advogado, Emílio Camacho, também tentou desmascarar o circo, dizendo aos senadores “o que está acontecendo aqui não é um julgamento, é uma condenação. É a execução de uma sentença”.

22 de jun. de 2012

Estudantes da UNIFESP falam da truculência Policial.

Prefeito José Carlos Augusto (DEM) nossa APAE precisa de você.

Estamos no quarto e último ano da administração do Prefeito José Carlos Augusto (DEM), e ele ainda não passou o terreno em sua totalidade para APAE do município de Guaíra-SP.
O trabalho desenvolvido na APAE do município é de grande importância para a comunidade de excepcionais, que necessitam do trabalho que é desenvolvido atualmente na APAE, para o desenvolvimento e o progresso dos mesmos.
Na história do município de Guaíra-SP passaram-se vários Prefeitos, e todos deram sua contribuição com afinco, para que nossa APAE agregasse cada vez mais valores em nossa sociedade junto ao trabalho desenvolvido com os excepcionais do município.
No entanto, o Prefeito tentou construir no ano passado, um conjunto de predínhos no terreno que é por direito da APAE, a titulo de esclarecimento: este terreno e utilizado a mais de trinta anos pela APAE, por isso, a APAE tem plenos direito sobre esta área que por falta de compreensão do Prefeito José Carlos Augusto (DEM) fica inutilizada pare receber verbas de Governos e desenvolver projetos que beneficiaria a vida da comunidade de excepcionais.
Seria coerente se o Prefeito parasse de fazer jogo duro com a APAE do município e passasse o terreno em sua totalidade para que a APAE possa receber verbas do Governo Estadual e Federal para que APAE de maior amplitude nos seus projetos.
Tudo seria muito melhor se o Presidente da Câmara Municipal também quebrasse seu silêncio, e abraçasse esta causa nobre pertencente a nossa APAE, tudo vale apena, quando a causa é nobre Presidente, ainda mais se tratando de nossa APAE. Pois como diz o ditado: "o essencial é invisível aos olhos".

Baile Junino APAE Guaira-SP


Você não pode deixar de comparecer e prestigiar o Baile Junino da APAE, que acontecerá dia 30 de junho, no Clube Colorado, a partir das 22h30 - As mesas estão sendo vendidas na Sede da APAE, telefone 17– 3331.2760 e 3332.1012.

Cuidado com o Mosquito Transmissor da Dengue, ele pode picar você.


O número de casos do mosquito transmissor Aedes Aegypti (Dengue), cresceu nos últimos 4 anos em nosso município, por isso, nós cidadão consciente, temos que nos alertar quanto a uma possível epidemia do mosquito transmissor da Dengue.
Vamos ajudar o Governo Municipal a combater o mosquito transmissor da Dengue, em nosso município, não deixe água parada em latas, embalagem, copos plásticos, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas vazias, entre outros. Seja inteligente! Ajude o Governo Municipal a combater o mosquito da Dengue.

20 de jun. de 2012

Médico é acusado de racismo em Sertãozinho (SP)

Uma auxiliar de limpeza acusa um médico da rede municipal de Sertãozinho (333 km de SP) de injúria racial num posto de saúde da cidade. O caso teria ocorrido no último dia 6.

Membros do Conselho Municipal da Comunidade Negra já notificaram os órgãos públicos responsáveis por apurar situações de racismo.

A denúncia é de Marizelda Fátima dos Reis, responsável por separar sacos de lixo na unidade.

Segundo Acácio Augusto Tobias, presidente do conselho, o nutrólogo José Alves Lara Neto reclamou com a auxiliar sobre sacos de lixo abertos pela rua. Ela disse, segundo Tobias, que a ordem da sua chefe era acomodar os sacos naquele local. Foi quando, diz o conselheiro, começaram as críticas pelo médico.

"Ele a mandou calar a boca, disse que ele era rico, médico, e que ela era pobre. Ele ainda passou a mão assim no braço, dizendo: 'Olha a minha cor, eu sou branco, você é negra'", disse.

A assessoria de imprensa da prefeitura informou que o secretário da Saúde de Sertãozinho, Jorge Fernando Furtado, vai aguardar ser comunicado oficialmente pela Polícia Civil para então abrir sindicância interna.

A reportagem tentou ouvir Lara Neto desde a última sexta-feira (15) e deixou vários recados em seu consultório, mas ele não ligou de volta. Sua secretária também não informou o nome do advogado que o representa.

A assessoria da prefeitura não soube informar o contato do defensor do médico.
Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/ribeiraopreto/1106893-medico-e-acusado-de-racismo-em-sertaozinho-sp.shtml

19 de jun. de 2012

GUAÍRA CONTRA O CRACK??? O EXEMPLO DEVE COMEÇAR EM CASA


Estamos todos os dias lendo “outdoors”, cartazes, panfletos, perfis em redes sociais que divulgam e enaltecem a utilíssima campanha “Guaíra Contra o Crack”.

Quem acompanhou alguma palestra sobre o tema, já conhece bem os jargões: o crack não escolhe classe social, a vontade de se tratar deve partir do dependente, a família deve dar apoio, e principalmente: o viciado é um doente.

Todos sabemos que o problema fica mais grave quando descobrimos que o mesmo está dentro da própria casa. Deve ser muito difícil para psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais e pais darem sua opinião acerca de soluções para um problema, quando enfrentam a situação dentro do próprio ambiente familiar ou de trabalho, e sequer sabem por onde começar.

Ao abrir o jornal “O Guaíra”, pude ler duas publicações de abertura de Processos Administrativos Disciplinares contra dois servidores públicos municipais, dois colegas de trabalho, os quais servem na mesma instituição pública que esse colaborador e que atravessam a complicada fase de dependência química da substância derivada da cocaína denominada “CRACK”.

Posso, devo e quero acreditar que tais Processos Administrativos Disciplinares servirão para chegar a uma solução lógica e condizente com a postura pregada na Campanha Guaíra Contra o Crack, ou seja: TENTAR chegar a uma solução que englobe TRATAMENTO MÉDICO/AMBULATORIAL, APOIO PSICOLÓGICO PARA O DEPENDENTE E SEUS FAMILIARES, REINSERÇÃO SOCIAL E FAMILIAR, COMBATE À REINCIDÊNCIA, pois se tal procedimento administrativo for utilizado somente para exonerar os dependentes processados, estaremos indo de encontro aos princípios norteadores da campanha.

Aplicar a letra fria da lei – sem investigação social e familiar – e exonerar o servidor dependente químico de seu cargo, seria como jogá-lo na sarjeta sem condições de se reerguer. Ao exonerar um servidor que atravessa um problema de saúde (dependência química), seria como tratá-los como frutos podres, imprestáveis de uma árvore, e isso causaria insegurança de todos os que hoje, ou amanhã, podem passar pela mesma situação.

Já que a dependência química é tratada como doença, uma solução para integrar a conclusão do processo administrativo, há de ser de TRATAMENTO e RECUPERAÇÃO, já que a simples EXONERAÇÃO do cargo será tida como uma pena arbitrária e desumana, totalmente contrária aos fins que prega a tal campanha “Guaíra Contra o Crack”.

Rodrigo Soares Borghetti
Servidor Público Municipal

Fonte: http://www.sindservguaira.com.br

18 de jun. de 2012

O povo está de olho no monopólio da imprensa.

O trabalho da imprensa está enchendo os testículos, mas os testículos de quem esperava mais por uma imprensa que deveria estar a serviço da comunidade e não a serviço de algumas Prefeituras e Câmaras Municipais por esse Brasil a fora.
A imprensa que hoje está nas mãos de algumas famílias mal intencionadas que detém o poder do monopólio da informação, perdeu (ou nunca teve) o que há de mais nobre no trabalho jornalístico, a “ética”, uma família que aprendeu a viver cedo à custa das Prefeituras e Câmara Municipais, a família imprensa, é mesmo, sem dúvida, o bichão na pelo de cordeiro.
Silêncio é o que está acontecendo com a família imprensa, sempre em silêncio - o preço pelo silêncio: um robusto contrato, para omitir e manipular as informações pertinentes a comunidade menos favorecida. Uma imprensa que dança conforme o preço, uma imprensa golpista e pobre de espírito.
Tanto dinheiro público sendo gasto com a imprensa, que precisa mesmo do dinheiro público para sustentar sua pose de boa samaritana na sociedade, e tratar do sanguessuga que vive beirando a imprensa (rabugento preguiçoso), para satisfazer as mazelas do amor envolvendo a imprensa, vale até dinheiro público.
Enquanto a imprensa estiver camuflada entre os governos corruptos, satisfazendo o ego de um grupo político, e manipulando as informações para favorecer seu propósito, sobretudo, a classe menos favorecida estará sujeita a conviver com a escassez de políticas públicas, contudo, no futuro, se a comunidade não se atentar a esse fato, produziremos um público com a cara dos barões da imprensa, cujo fim é viver a custa do dinheiro público.
Quando lemos as informações já manipuladas pela imprensa percebemos que a um fio condutor entre a família imprensa e os poderes executivos e legislativos, portanto, há uma escuridão entre o ilícito, esse circo vicioso, acontece diariamente, diante de nossos olhos, mas sem o nosso consentimento.

16 de jun. de 2012

Esse ano seja um cidadão inteligente, não venda seu voto!

Esse ano é um ano de renovação. Teremos eleições municipais por todo Brasil, e nós cidadãos conscientes, devemos ficar atentos as condutas de algumas políticos desonestos, que querem chegar ao poder comprando voto.
Qual é o preço do seu voto? Esta é uma questão a ser discutida por nós que queremos um País mais justo, igualitário e honesto, entretanto, estamos atordoados com tanta corrupção e favorecimentos ilícitos em nossa política.
Não venda seu voto, se você vende seu voto estará contribuindo para colocar os corruptos no poder. Com a aproximação das eleições, será fácil ver os possíveis candidatos oferecendo uma parte suculenta agora e a outra, se eleito forem - cuidando com esta proposta, você poderá estar contribuindo para a proliferação dos corruptos no cenário político.
Analisando conscientemente esta questão da venda do seu voto, quem paga pelo seu erro, é a sua cidade. Você deve estar agora se perguntando como minha cidade irá pagar por eu ter vendido um simples voto? Muita calma nesta hora? Vamos saber agora os prejuízos que sua cidade terá se você vender seu voto: Avalie se o dinheiro público está sendo gasto com excesso de cargos de confiança, se existe investimentos durante toda gestão do candidato que comprou seu voto, na área da educação, saúde, esporte, laser, cultura, social, lembre-se avalie os quatro anos do candidato que você vendeu seu voto?
É muito importante que você não venda seu voto, seja consciente, não se iluda por proposta de candidatos que querem chegara ao poder a todo custo, ou aqueles que estão a três, quatro ou cinco mandatos á frente de qualquer legislativo por esse Brasil a fora, comprando votos, e quando vence as eleições, vestem a farda da corrupção e se transformam em verdadeiros soldados, em defesa da corrupção.
Esse ano seja um cidadão inteligente, dê uma lição de cidadania, não venda seu voto! Afinal voto não tem preço, tem conseqüência.

Investimentos na Rádio Alternativa FM 88,9.


A Rádio Alternativa FM 88,9 está temporariamente fora do ar, para trocar alguns equipamentos e instalar uma nova antena, para melhorar ainda mais o sinal em nosso município, com todos esses novos investimentos, a Rádio Alternativa FM 88,9 levará seu sinal para mais de 300 cidades que poderá ter acesso a programação da Rádio. Aguardem!!!

E agora Prefeito José Carlos Augusto?

15 de jun. de 2012

Show de Prêmios no CEREA.


Neste domingo dia 17/06 às 14:00hs haverá um Festival de Prêmios e você é nosso convidado, compareçam e prestigiem esta entidade de nossa cidade.

A prevenção ainda é o melhor remédio contra a Dengue.


A dengue em nosso município se alastra e está sendo chamada de Peste Guairense -matéria vinculada no “O Jornal” desta semana no dia 09/06. Por isso é muito importante que a comunidade esteja atenta sobre uma possível epidemia do mosquito transmissor (Dengue) em nosso município.
O melhor remédio contra a doença transmitida pelo mosquito da Dengue é a prevenção, combatendo os focos de acúmulos de água parada, (água em latas, embalagem, copos plásticos, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas vazias, entre outros). Seja inteligente! Ajude o Governo Municipal a combater essa peste que está se alastrando em município!

14 de jun. de 2012

Nebulização na periferia de Guaíra-SP

Neta segunda-feira dia 11/06 por volta das 10:30hs, uma equipe epidemiológica da cidade de Barretos-SP composta por 12 agentes que prestam serviços a 19 municípios, estiveram na periferia do município de Guaíra-SP realizando uma nebulização nas casas dos moradores, a fim de exterminar uma possível epidemia do mosquito Aedes aegypti. A comunidade ficou muito assustada com a ação dos agentes e de uma possível epidemia que está acontecendo em nosso município. Será que isto ocorreu após O Jornal dar essa notícia?

12 de jun. de 2012

A quadra do Bairro Gabriel Garcia de Carvalho, o Guaíra E continua abandonada na periferia de Guaíra/SP

Os moradores do Bairro Gabriel Garcia de Carvalho, o Guaíra E estão impossibilitados de utilizar a quadra do Bairro, que há muito tempo continua sem manutenção por parte da administração pública.
A sujeira toma conta da quadra, não tem banheiro e muito menos água para beber, o abandono é total.




Noticía de Guaíra/SP:

10 de jun. de 2012

Prefeito ainda não comprou os 15 ônibus para o Transporte Universitário, conforme promessa de campanha.

Imagem ilustrativa retida da internet
Os 15 ônibus para o transporte universitário foi o carro forte durante a campanha do Prefeito José Carlos Augusto (DEM), e por diversas vezes, em 2008, a compra do tão sonhado ônibus para o Transporte Universitário foi mencionada no palanque, para a alegria dos estudantes da época.
Tudo parecia um sonho lindo, soando ao vento nas doces soberanas palavras do até então candidato da época, José Carlos Augusto (DEM) em 2008, sonho este que mais tarde se transformaria em um pesadelo, recentemente em nosso município houve um manifestação pacífica provida pela Classe Universitária (Apitaço em frente a Secretária de Educação), descontente com o Transporte Universitário.
Com muita esperança e fé, os Universitários acreditaram que já em 2009, a administração pública compraria o tão sonhado 15 ônibus para o Transporte Universitário, conforme plano de governo, mas estamos caminhado para o último ano da administração do Prefeito José Carlos Augusto (DEM) e, até o momento, ainda não passou nenhum projeto pela Câmara Municipal sobre a aquisição dos 15 ônibus para o Transporte Universitário.
O atual Chefe de Gabinete que sempre teve os estudantes como plataforma política, agora que ele está trabalhando ao lado Prefeito, seria bem mais fácil a aquisição dos 15 ônibus para o Transporte Universitário, mas há um silêncio incompreensivo por parte do mesmo.
A classe Universitária é inteligente, e na hora certa, ela saberá escolher, porque com bem disse o Chefe de Gabinete: voto não tem preço, tem conseqüência.

8 de jun. de 2012

O prédio da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) Ainda Continua Abandonada na Periferia de Guaíra/SP.

Onde funcionava a antiga Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) / Primeiro Distrito Policial, ainda se encontra abandonada. A comunidade sofre com barulho á noite, e a proliferação de bichos peçonhentos no local, está evidente o despreparo da administração. Falta vontade pública em fomentar atividades culturais, esportivas, lazer e geração de renda nesse local abandonado pelo Poder Público.

Festa Junina no Kai Kan


Kai Kan e Rotary Clube juntos na realização da Festa Junina que acontecerá no dia 16 de Junho, no Kai Kan, não deixe de comparecer e prestigiar o 1º KAI EM KANA, maiores informações pelo telefone (17) 3331 - 1022

7 de jun. de 2012

Ledo engano de quem pensa que a imprensa está do lado do povo.

Enquanto a imprensa estiver nas mãos de uma única família, com um único propósito de não criticar os governos, e surrupiar os direitos da comunidade menos favorecida. Muita calma nesta hora. Vocês viram isto: a família que detém o monopólio da informação é politiqueira, manipula as notícias e brinca com a cara do povo.

A família que detém o monopólio da imprensa, há quase um século, protegem os atos de corrupção através de sua prática mais abominável, a manipulação da verdade, com isso ela favorece um grupo político que ostenta o poder do autoritarismo, isso sem o consentimento da comunidade, falando nisto, a família imprensa vive a custa do dinheiro público a base dos contratos, com Prefeituras e Câmaras Municipais, a ação manipuladora e perversa da família que detém o monopólio da informação está evidente no humilde cotidiano, contudo, a classe menos favorecida (esclarecida) está a mercê de governos corruptos.

O sinistro a arrogância da imprensa está sendo encobertado nas suas atitudes antidemocráticas, o Bichão na pele de cordeiro, há quase um século - uma história de manipulação é pago com dinheiro público, sendo assim, ela a família imprensa é omissa, ela não vê, não ouve, e muito menos registra os fatos pertinentes a comunidade, uma imprensa sinistra e politiqueira. Até entendo o amigo leitor quando abre um jornal e não consegue entender o porquê – apesar de tantas irregularidades e denúncias de corrupção, nada sai no jornal. Agora após lerem esse texto, você nobre leitor desse humilde blog entenderá o porquê.

Esse ano é um ano de eleições, é um ano de muito trabalho para imprensa: eleger seu candidato ou seu patrão, o trabalho da imprensa mercenária é a politicagem em suas páginas, um trabalho disfarçado menos sutil, ao que transgride a falta de ética jornalística, mas cadê o direito da comunidade menos favorecida? São respostas que nunca veremos nas páginas dessa mesma imprensa politiqueira.

O surgimento de uma Imprensa cujo fim é tratar de interesses da comunidade, do progresso do município, uma imprensa com cara de democracia, uma imprensa que não vive a custa do dinheiro público, uma imprensa que não seja politiqueira, uma imprensa que não seja o Bichão na pele de cordeiro, uma imprensa honesta - o surgimento de uma imprensa com estas qualidades, será sempre bem-vindo.

O que estamos lendo diariamente é a manipulação, o favorecimento a um grupo político, esse lamentável fato tem perpetrado na ousada atitude da imprensa, que ao mesmo tempo, se julga a dona da verdade, mas esconde um escuro, um abismo de corrupção por trás do seu cotidiano. Lendo engano de quem pensa que a imprensa está do lado do povo.

O progresso de um município, a construção da cidadania, os direitos da comunidade menos favorecida, não pode ficar a mercê de uma manipulação favorecida a um grupo político, entretanto, a regularização da mídia se faz necessário, para pôr fim aos monopólios pertencente a uma família mal intencionada que detém o poder da informação manipulada.

O povo não está pronto para conviver com a nova cara da imprensa, cujo fim é politicagem.


"Quando a imprensa não fala, o povo é que não fala. Não se cala a imprensa. Cala-se o povo." (William Blake)

As crianças da rede de ensino municipal vem enfrentando o doloroso frio de todas as manhãs, por falta do agasalho que o Prefeito ainda não comprou.


Por três longos anos, as crianças que freqüentam a rede municipal de ensino, na cidade Guaíra-SP, passaram por inúmeras dificuldades, por serem a maioria moradoras na periferia da cidade.

Por três anos, as crianças da rede de ensino municipal, não tiveram acesso aos uniformes e sofreram com o frio das manhãs, não foi fácil para nossas crianças, cada um veste o que tem, e o colorido da desigualdade fortalecia uma educação com um orçamento que em 2011 ultrapassava os 100 Milhões, e destes 15 Milhões são gastos com cargo de confiança.

O governo do Prefeito José Carlos Augusto (DEM), jogou duro com nossas crianças e, durante três anos (2009, 2010 e 2011), a rede de ensino, não foi abrilhantada com os uniformes escolares tão mencionados durante a campanha em 2008.

Somente no quarto ano de administração da Coligação União e Progresso foi adquirido os uniformes, não podemos esquecer de mencionar que esse ano, é um ano de eleições; no quarto e último ano de administração do Prefeito José Carlos Augusto (DEM) depois de receber muitas críticas da comunidade sobre a compra dos uniformes para rede de ensino, a administração resolveu comprar os uniformes para rede de ensino, que é freqüentada pela maioria crianças da periferia da cidade.

Ainda se não bastasse as crianças da rede de ensino suportar três anos sem os uniformes - a título de esclarecimento, a administração passada, durante os quatro anos de sua gestão, forneceu os uniformes para as crianças da rede de ensino, e ainda de quebra: ofereceu material didático de primeira qualidade para rede de ensino da época.

Não podemos deixar de parabenizar o Prefeito por distribuir os uniformes na rede de ensino municipal, mesmo que seja no seu último ano de administração, mas ainda faltam os agasalhos, esperamos que também o Presidente da Câmara Municipal possa quebrar seu silêncio e manifestar-se sobre a compra dos agasalhos.

Nossas crianças vem enfrentando o doloroso frio de todas as manhãs, por isso esperamos que o Prefeito José Carlos Augusto (DEM), possa ainda mesmo que seja seu último ano de administração, comprar os agasalhos para as crianças da rede de ensino municipal. Pois maior que o frio no corpo, é frio da alma, sendo que nossas crianças serão os futuros cidadãos de amanhã, e com um orçamento de mais 110 milhões, é lamentável que isto ocorra, como muito bem diz o jornalista Boris Casoy: “Isto é uma vergonha”.

Ex-Prefeito Sérgio de Mello (PT) detonou no Programa Linha Aberta.


O Programa Linha Aberta que vai ao ar todas as sextas-feira às 11:00hs na Rádio Alternativa 88,9, e tem como ancôra o Jornalista e Apresentador Cícero Duarte. No dia 25/05, o programa recebeu a presença do ilustre Ex-Prefeito Sérgio de Mello (PT), onde durante o programa o apresentador não sabia se conduzia entrevista, ou se atendia o telefone da Rádio, que não parava de tocar.

O Ex-Prefeito Sérgio de Mello (PT), bem humorado, falou sobre vários assuntos pertinentes a comunidade, assuntos como investimentos na educação, saúde, esporte, cultura e social, foram destaque pelos Ex-Prefeito Sérgio de Mello (PT).

A comunidade não parava de ligar, bastava o apresentador pôr o telefone no gancho, ele já tocava, a audiência superou as expectativas, a comunidade queria falar com o Ex-Prefeito, entre um papo e outro o Ex-Prefeito mencionou, a construção das 32 casas construídas na atual administração, com recursos deixados pelo seu governo, falou também sobre sua força política com os Governos Estaduais e Federias, também esclareceu sobre os 7 Milhões deixados em no seu governo para o próximo ano.

VOCÊ PAGARIA R$ 2 PARA ASSISTIR "ALEXANDRE, O MÉDIO"?

Por Conrado Vitali, em su blog:

Busto de "Alexandre, o Grande": você já viu algum de "Alexandre, o Médio" ?

A mediocridade sempre andou em bando. É fácil localizar o galinheiro. O cheiro é forte. Os medíocres contentam-se com pouco. Não miram a história. Para eles estar por cima é correr para, sem nenhuma educação, sentar na primeira fila; o filme em cartaz é apenas um detalhe sem a menor importância. Contentam-se em ser frangos bem alimentados que passam o dia a ciscar o que encontram no chão. "Se eu não bicar outro vai fazê-lo" é o mantra de seus minutos de "sabedoria". Governos também podem ser galinheiros. Garnizés adoram cacarejar. É só o que fazem na pretensão de achar que podem, a bordo de sua penugem cafona, convencer o terreiro de que só eles podem cuidar bem do pedaço. São patetas de penas. No fundo ninguém precisa dos canelas amarelas. São um acidente de uma democracia aleijada. Vivem dos buracos "legítimos" que encontram para passar de um lado a outro; afinal toda cerca tem um defeito. Vivem do oco das estacas. Escondem-se ali quando a coisa aperta. Em Guaíra a sucessão municipal vive de lampejos de lucidez misturados à uma avalanche de imbecilidade. Gasta-se uma eternidade de horas em discussões estéreis - quem fez isso; quem fez aquilo; o fulano disse isso; o ciclano retrucou aquilo...Mas não se vê alguém parando para pensar, um minuto que seja, nas diferenças fundamentais entre os dois nomes que, a partir deste mês, vão se envolver numa guerra de sangue pela disputa do leprosário Messias Cândido Faleiros. Não é difícil estabelecer a cor republicana de cada um. Sim, cor republicana. Não falo de cor partidária. Ora, o que separa José Carlos Augusto de Sérgio de Mello ? Simples: a postura pessoal de cada um diante da própria história pública. Talvez inspirado pela atividade pretérita de seu vice antes de chegar ao poder executivo, José Carlos é o prefeito do varejo. Ou do varejão. Sem um plano de metas real, passou os quatro anos de seu mandato guiando o próprio carro oficial da prefeitura em viagens para São Paulo e Brasília em busca da "xepa" do Palácio dos Bandeirantes e da Esplanada dos Ministérios. Conseguiu algumas caixas de chuchu, jiló e abobrinha e as distribuiu como "legumes fresquinhos" à população. Seu governo é marcado pela realização de obras "emendadas". Trabalhou com o dinheiro miúdo de emendas parlamentares; pegou o que encontrou e trouxe para a cidade. Conseguiu, é verdade, alguma frutas saborosas na "xepa"; obras como a reforma do Ginásio de Esportes são bem-vindas e merecem reconhecimento. Mas o que incomoda e entrega seu governo sem planejamento é que não se vê um fio condutor, uma coluna vertebral integradora das ações do governo. É um governo sem marca, um curtume marroquino de couros de várias tonalidades pintados com tintas baratas. José Carlos não dividiu águas....deu uma barrigada e atravessou o "corgo". Foi de uma margem à outra dando braçadas desengonçadas. Fez o possível e viveu à sombra do fantasma da falta de autoridade. Deixou seu chefe de gabinete transformar-se no prefeito, de fato; enquanto exerceu seu mandato de direito a ponto de tornar possível a afirmação de que os últimos três prefeitos que Guaíra teve foram José Carlos Augusto (primeiro mandato), Sérgio de Mello e José Reinaldo dos Santos Júnior (disfarçado de José Carlos Augusto em segundo mandato). Negam isso a toda hora e de todas as formas mas não conseguem deter as "más línguas" dentro e fora da prefeitura. Apenas duas perguntas colocam a questão nos seus devidos e indisfarçáveis termos. Meu estoque de balas "7 Belo" está acabando mas vou tentar ajudar. Primeira: "Suponhamos que você, leitor, esteja hoje com um problema que só a prefeitura pode resolver. A quem você procura ?" Uma bala "7 Belo" para quem responder em qual porta do leprosário você vai bater correndo.....Segunda: "Você, em algum momento durante o governo do prefeito Sérgio de Mello, ouviu dizer que sua então chefe de gabinete, Suzete Barini, mandava nele ou tinha alguma influência decisiva sobre o chefe do executivo ?" Outra bala "7 Belo" para quem fornecer a resposta correta. Percebeu a diferença ? Vaidoso, Sérgio de Mello não se dá por satisfeito em ser mais um. Quando refere-se ao próprio governo, fala na primeira pessoa com uma convicção que não se encontra em José Carlos. "Em respeito à minha história...." costuma abrir uma conversa em que sua gestão seja o prato principal. Mello mira Saturno com uma fuzil russo Kalashnikov , o AK-47, muito mais confiável que o AR-15 americano, que só se vê nas mãos de José Carlos durante as campanhas. De seu lado, José Carlos, quando governa, mira o ursinho de pelúcia daquela barraca barata de lata do parque de diversões com uma espingarda de pressão que atira um rolha vagabunda. Quando acerta o ursinho, pula de alegria e vai pra casa feliz da vida. Para ele, basta isso...uma noite de sábado, no parque de diversões, com um algodão doce na mão. Sérgio de Mello se vê como um falcão peregrino. José Carlos como uma galinha de angola. "Tô fraco..Tô fraco...Tô fraco"....Desnecessário dizer que as pessoas nos percebem como nós mesmos nos enxergamos. É automático. O legado do governo de Sérgio de Mello foi a opção pela gestão no atacado. É preciso reconhecer que algumas de suas ações foram robustas. Sérgio, por exemplo, foi o único prefeito que conseguiu colocar a argola no focinho dos médicos, domando a classe por meio de um secretário de saúde que tinha autoridade sobre os senhores de branco. A reorganização do sitema municpal de saúde, de forma planificada, foi uma realização indiscutível até mesmo na opinião de inimigos históricos do petista. Sérgio persegue o título de grande. José Carlos faz o possível para ser reconhecido. Percebeu mais uma vez a diferença? O que separa os grandes dos médios é a estatura a que aspiram. Você pagaria R$ 2 para assistir, numa sessão especial da nova Casa de Cultura (agora reformada numa outra obra interessante da xepa carlista) ao filme "Alexandre, o Médio" ? Nem tentando ser muito simpático com o caçador de ursinhos você conseguiria mentir. É melhor estourar um saco de pipocas Yoki no microondas e assistir a "Alexandre, o Grande" - este sim - em casa. Mas então quer dizer que José Carlos é uma pessoa ruim ou incapaz ? Não. Ele é bonzinho , esforçado e....diz a lenda, já assistiu a "A Alexandre, o Médio" mais de 10 vezes. Chorou de emoção em todas elas e proibiu, com toda sua "autoridade", que José Reinaldo passasse qualquer ligação.

Regis e Raí e banda no Clube Maracá


Não percam o evento do ano no Clube Maracá, com Regis e Raí e banda.
Na noite deste sábado dia 09, ás 22h:00, terá inicio a mais um baile nas dependências do Clube Maracá, o baile será abrilhantado pela dupla sertaneja Regis e Raí e banda, o Furacão da Música Sertaneja, também logo após o baile, haverá uma boate, por conta do DJ Marquinhos Motta.
Não deixe de comparecer, e prestigiar esse grande evento - organização Clube Maracá.

6 de jun. de 2012

Imagem retirada do Facebook

Reunião – Conselho Municipal da Comunidade Negra - CMCN.


Nesta segunda-feira 11/06 às 19:00hs na Casa da Cidadania, acontecerá mais uma reunião do Conselho Municipal da Comunidade Negra – CMCN. A reunião tem como propósito, tratar os interesses da Comunidade Negra do Município, e também se interar sobre a resposta do Prefeito Municipal sobre a agressão gratuita sofrida pelo Presidente do CMCN por um secretário de seu Governo, e também os Conselheiros poderão se interar sobre o relatório de casos de racismo ocorridos em nosso município.
Todos Conselheiros estão convidados para mais esta reunião, bem como toda a comunidade.

“O Combate ao Racismo passa pela ação ou pela inércia de todos nós”

5 de jun. de 2012

OS DOIS CASAMENTOS DE JOSÉ CARLOS

Virgínia Woolf, a célebre ensaísta britânica: para alívio do primeiro-ministro, suas obras não frequentam a cabeceira do ninho de amor de José Carlos e Edna

Por Conrado Vitali, em seu blog:
O prefeito José Carlos Augusto mantém dois casamentos. Os dois poderiam ser melhores. No modelo clássico, aquele na seara amorosa, cultiva um casamento estável com a bancária aposentada Edna Lamar; uma espécie de dama de mármore. A ela devo todo o reconhecimento pela educação e gentileza com que sempre me tratou. A ela minha família deve toda a atenção dispensada quando, ainda funcionária ativa do antigo Banespa, procurava agilizar, de todas as formas, o atendimento prioritário quando minha mãe, já doente terminal de câncer e correntista do banco, precisava de serviços da agência e já não tinha forças sequer para ir ao banco. A ela devo toda a paciência e autocontrole que exibiu quando um estranho de Brasília passou a frequentar sua casa e escolher até as gravatas que seu marido iria utilizar em ocasiões midiáticas. A faceta simpatia de Edna - que de fato é real -esconde uma personalidade dura, capaz de fazer cobranças constrangedoras. Sempre discreta na minha frente, apenas uma única vez a vi desancando um prestador de serviço do governo guairense na frente do marido prefeito. O fato ocorreu ainda durante a organização da primeira festa do peão patrocinada pelo governo de José Carlos, em 2009, e mostrou-me, com clareza, que a primeira-dama, quando mármore, consegue botar ordem na casa. Edna não é boba. Mulher independente desde cedo, tem a experiência crucial de nunca ter dependido do marido para sobreviver. No interlúdio problemático vivido por José Carlos entre um mandato e outro, justamente durante os Anos Sérgio de Mello (2005 a 2008), foi o salário de Edna que segurou boa parte das pontas quando o marido tinha ganhos instáveis. Amigos ajudavam José Carlos com empréstimos mas isso, obviamente, para o padrão de vida dos Augusto, não era suficiente. Pouca gente sabe mas Edna só veio a formalizar, sob bençãos confessionais, sua união com José Carlos, justamente durante o segundo mandato do marido. Ainda na primeira metade do novo governo do esposo, numa cerimônia quase secreta, com pouquíssimos convidados (eu não estava entre eles) e nenhuma publicidade, Edna casou-se "no religioso" com José Carlos. Fez bem. A primeira-dama, num momento de faceta mármore, exigiu a celebração do compromisso para "selar" , sob as bençãos apostólicas romanas, o matrimônio. Na verdade, ciente de que o poder é afrodisíaco para homens de meia-idade e um imã que atrai vagabundas de todos os buracos, a dama de mármore tratou de colocar uma coleira psicológica no marido tendo a família e amigos íntimos por testemunhas. Isso não resolve muito as coisas quando a cabeça de baixo assume o comando sob o efeito dos esteróides do poder, mas é mais um obstáculo na corrida movida a testosterona em que nós, os porcos chauvinistas, transformamos nossa rotina de cafajestes. Edna fez mais. Quase na mesma época deu um "tapa" no visual recorrendo a intervenções plásticas quase tão secretas quanto a cerimônia de casamento que ninguém viu. Fez bem de novo; especialmente a si própria. Mulher que se preza exerce a vaidade e deve espetar a conta no cartão de crédito do marido. Sei como isso funciona desde criança. Mamãe foi uma das primeiras mulheres da cidade, há quase 40 anos, a recorrer ao bisturi de renomados cirurgiões para levantar algumas pendências anatômicas que começavam a flertar com o chão. Desnecessário dizer que isso elevou sua auto-estima, provocou aquela inveja gostosa nas amigas e renovou o tesão de papai. Com toda essa força, Edna derrapou onde poderia ser decisiva; afinal é ela que, longe dos sicofantas que enchem a cabeça do marido durante todo o dia, deita ao lado do guerreiro nas poucas horas em que ele está livre da influência dos puxa-sacos do governo. Durante seu repouso, submetidos a chaves de perna eficientes, os guerreiros costumam ceder ao charme do universal "foi bom pra você ? ". É nessas horas, depois de dar imenso prazer ao marido (espero, para o bem das tradições gaúchas, que José Carlos sempre tenha correpondido às expectativas ), que as mulheres, na maioria dos casos, conseguem o que querem. Na minha jamais modesta opinião, foi aí que Edna errou. Seguramente ela poderia ter usado os lençóis de forma mais eficiente para blindar José Carlos da influência que o prefeito sofre, diariamente, de seu outro casamento; o político. É o matrimônio carne-e-unha celebrado com seu chefe de gabinete, José Reinaldo dos Santos Júnior. Fiel escudeiro do prefeito ( e isso precisa ser dito para o bem de toda a verdade ) foi José Reinaldo, durante os anos de ostracismo de José Carlos, que manteve-se praticamente sozinho ao lado do então ex-prefeito tampão quando ele transitava no limbo da política e vivia às turras com sua conta bancária. Ocorre que a fatura da fidelidade foi apresentada em preço muito alto e José Carlos não se importou em pagar. José Reinaldo, como já disse em vezes anteriores, é o calcanhar-de-aquiles de José Carlos. Sua influência e ascendência sobre o chefe do executivo certamente serão utilizadas pela oposição. Ao permitir - até porque não tinha outras opções na formação de seu governo médio - que seu chefe de gabinete acumulasse rapidamente poderes discricionários emprestando-lhe status de "primeiro-ministro", José Carlos vestiu-se com o manto de Rainha da Inglaterra, um tipo de roupa que lhe traz problemas desde que dediciu entrar para a política. Elizabeth faz os discursos mas quem dá as cartas é David Cameron. Ao invés de usar o segundo mandato para se livrar do estigma de prefeito "que não sabe mandar", José Carlos preferiu permitir que José Reinaldo ocupasse o espaço que bem entendesse. Em algum momento, Edna falhou na chave de perna. "Ô Bem, você deve sim gratidão ao Zé Reinaldo, mas não do tanto que ele quer", deveria ter dito a dama de mármore a José Carlos depois de uma daquelas noites de mulher de veludo. Infelizmente (só para José Carlos) Edna deixou-se cooptar pela competência controladora de José Reinaldo. Certa ocasião, intrigada com uma saída não programada de José Carlos numa manhã de final de semana, Edna recorreu a quem para trazer o marido de volta ? Uma bala "7 Belo" para quem advinhar. Ligou para José Reinaldo chorando as pitangas. Solícito e decidido a mostrar quem manda, o primeiro-ministro ligou para a Rainha da Inglagerra. José Carlos desistiu do que poderia ser um momento "cavalo selvagem" e voltou para casa. A história me foi relatada com todas as letras pelo próprio José Reinaldo (diante de algo tão saboroso, não pude deixar de fazer o registro). Edna agradeceu e selou oficialmente, a partir daí, uma convivência permissiva e até grata com o outro casamento (o político) do marido. E assim, José Carlos, o "bígamo", vai escrevento a história de seu segundo mandato e de seus dois casamentos. Certa estava Virgínia Woolf, ao dizer que "as mulheres serviram todos estes séculos como espelhos possuindo o poder de refletir a figura do homem duas vezes maior que seu tamanho natural". Na cabeceira do ninho de amor de José Carlos e Edna faltam as obras de Woolf. Melhor para o primeiro-ministro.

Blog do Prefeito José Carlos Augusto não está sendo atualizado.


Já faz muito tempo que o blog do Prefeito José Carlos Augusto não está sendo atualizado. Será que o Prefeito está trabalhando muito esse ano, ou será que a competente e eficiente assessoria de comunicação esqueceu que existe o blog do Zé Carlos?
http://zecarlosprefeito.blogspot.com.br

Motorista dá aula de ética pra jornalista da Band

Gilmar Mendes quer regular a mídia a seu modo... só de blogs que o criticam


Por: Helena Sthephanowitz, na Rede Brasil Atual
Segundo o colunista Jorge Moreno, do jornal "O Globo", o ministro do STF Gilmar Mendes o informou que acionará a Procuradoria Geral da República, solicitando a relação de empresas estatais que anunciam em blogs que "atacam as instituições".

"É inadmissível que esses blogueiros sujos recebam dinheiro público para atacar as instituições e seus representantes. Num caso específico de um desses, eu já ponderei ao ministro da Fazenda que a Caixa Econômica Federal, que subsidia o blog, não pode patrocinar ataques às instituições.(...) O direito de crítica, de opinião, deve ser respeitado. Mas o ataque às instituições é intolerável" disse o ministro, segundo o colunista.

Ora, ora, um ministro do STF quer proibir propaganda estatal em blogs, conforme o conteúdo. Se ele aprovar, pode. Se não aprovar o conteúdo, proíbe anúncios. Isso é a mais descarada censura, em sua forma econômica, totalmente inconstitucional. Além disso, abrem-se as portas para uma forma velada de corrupção institucionalizada, uma vez que entra na fronteira do suborno à imprensa para comprar viés favorável na linha editorial.

Anúncios republicanos devem obedecer critérios técnicos comerciais de audiência quantitativa e qualitativa (foco em públicos alvos segmentados), além de questões ligadas a imagem institucional, como por exemplo, apoiar a diversidade, projetos alternativos, culturais, comunitários etc., sem interferir no conteúdo editorial ao gosto dos poderosos.

Além disso, quem disse que criticar um ministro do STF é criticar toda a instituição? E mesmo que haja quem faça críticas ao órgão como um todo, qual é o problema, se há liberdade de expressão assegurada na Constituição? O cidadão ou jornalista vai voltar à época das trevas, onde pensa uma coisa e não pode dizer, dentro do regramento legal vigente?

Existem críticas ácidas, irônicas, recorrendo ao humor, usando diversas maneiras de expressar o pensamento, que são contundentes, mas não é não nenhum "ataque às instituições".

Aliás causa estranheza o ministro só perseguir blogs "sujos", cujo apelido foi cunhado por José Serra (PSDB-SP) na campanha eleitoral de 2010, justamente os que denunciavam práticas, digamos, pouco leais da estratégia demotucana, e adotado carinhosamente pelos blogueiros como equivalente à voz das ruas, do povão, da periferia e à margem da imprensa corporativa. A voz do que os mais favorecidos chamam de "ralé".

Por que o ministro também não pediu ao Procurador-Geral para dar uma olhada nos blogs situados no portal da revista Veja e das organizações Globo, para conferir o quanto atacam a instituição da Presidência da República, há anos? O quanto achincalham as instituições partidárias.

Há partidos com décadas de história de lutas, com centenas de milhares ou milhões de filiados, e com os quais aquelas empresas de mídia escolheram tornarem-se inimigas declaradas. Mas partidos existem com pleno respeito e submissão à justiça eleitoral, e precisam existir como instituições legítimas para a democracia representativa funcionar.

Além de tudo, se há dinheiro mal gasto de estatal é em publicações de linha neoliberal. E não é por questão de ideologia, é por motivo comercial mesmo. Do que adianta uma estatal anunciar em uma revista neoliberal que toda semana fala a seu público-alvo cobras e lagartos das estatais e que elas seriam um mal ao país?

Qualquer empresa estatal tem muito mais chances de captar clientes em publicações à margem da grande mídia, simplesmente porque seus leitores, ouvintes ou telespectadores via de regra têm simpatia pela maior presença do Estado na economia, e são mais inclinados a dar preferência a produtos e serviços de estatais.

A que ponto chegamos. Quando a gente pensa que já viu de tudo, ainda vê logo um ministro do STF – quem mais deveria garantir os direitos fundamentais – querendo regular a mídia através de regras de exceção totalitárias, pela asfixia econômica a profissionais ou pequenas empresas de comunicação que contrapõem à linha editorial da velha imprensa reacionária. Atitudes tresloucadas como estas é que são um verdadeiro auto-ataque às instituições.

1 de jun. de 2012

Cícero Duarte diretor da Rádio Alternativa FM 88,9 sofre censura por defender a comunidade no município de Guaíra-SP


Na foto Cícero Duarte, diretor da rádio Alternativa, jornalista e apresentador do programa Linha Aberta.
Infelizmente, essa cidade existe no mapa do Brasil. Essa cidade é a nossa querida cidade de GUAÍRA/SP. Uma cidade governada à mão de ferro pela atual Administração. Essa nossa cidadezinha tem aproximadamente 38 mil habitantes. 38 mil pessoas que acreditavam viver num estado democrático. Mas a mascara caiu depois do dia 01 de janeiro de 2009, quando a política do “é tempo do bem”, começou a empoçar alguns secretariados. Infelizmente, foi como se uma nuvem de fumaça estivesse tomando conta da política guairense. Uma nuvem em que os interesses próprios são em cobertos, uma nuvem que encobre os interesses políticos, mas que por aqui ninguém pode questionar. Infelizmente, depois do dia 01 de janeiro de 2009, a cidade de GUAÍRA/SP começou a retroceder no tempo. Um tempo que não vale a pena relatar, um tempo em que a democracia se fazia através de derramamento de sangue. Isso no século passado. Mais a política que “NÓS GUAIRENSES” estamos vivendo por aqui, é a política do coronelismo, ou seja, faz o que eles mandam e fica por isso mesmo. Guaíra esta sendo governada pelos senhores de engenho (é época da escravidão mesmo). Guaíra esta sendo tratada como um personagem: "as fazendas dos coronéis". Aqui é o local onde esses senhores políticos plantam o que querem, colhem como querem e ainda querem tratar a nossa população dessa forma e, ninguém pode falar absolutamente nada. Até mesmo porque eles podem com tudo e com todos.
A titulo de esclarecimento para que os internautas se interajam do assunto: Guaíra/SP chegou num ponto em que ninguém, inclusive, a imprensa ( Rádio Alternativa FM), não pode falar nada sobre a administração do prefeito José Carlos Augusto ( DEM), porque corre o risco de sofrer algum tipo de perseguição. Por exemplo, se for o quarto poder (ou era); a empresa, eles literalmente tentão caçar os direitos da mesma, se for um morador da cidade eles também da se um jeito de calar essa pessoa (felizmente, eles só estão calando a pessoa, por enquanto). Mas, não para por ai não; a vitima mais recente dessas perseguições está sendo à rádio Educativa Alternativa FM 88,9 (www.alternativafmetv.com), que por considerar essencialmente importante que se abram os seus microfones para que a população da periferia da cidade possa DEMOCRATICAMENTE se manifestar fazendo o bom uso de uma coerência é que a Alternativa proporciona a voz e a vez para que seus ouvintes façam qualquer tipo de questionamento, bem como os elogios também á administração do prefeito José Carlos Augusto. Pois bem, assim feito, logo começou a surgir as primeiras criticas por parte dos munícipes guairenses, hora sobre as políticas publicas, hora para questionar a quantidade de cargos de confiança.
Eles dizem que, a rádio Alternativa não tem audiência. Bom, então se a rádio não tem audiência, porque então se preocupar com um, dois, três ou mesmo algumas centenas de moradores que ligam para fazer suas reclamações e suas reivindicações?
Eu vou terminando por aqui, porque eu acredito que não vale a pena prosseguir com isso que vem acontecendo na cidade de GUAÍRA/SP. Lembrando que, quem perde com isso, é a população guairense. Amanhã termina o mandato do prefeito José Carlos Augusto, depois com que cara que ele vai caminhar pelas ruas da cidade?
Enquanto isso o guerreiro Cícero Duarte segue em sua luta pela liberdade de expressão, em defesa da comunidade.

Diga não ao Bullying nas Escolas


As agressões entre crianças e jovens é assunto sério. Tata-se do Bullying.
Se você é pai ou mãe precisa estar informado a respeito.


Se seu filho ou filha volta para casa e se queixa continuamente de agressões que recebe pesquise para saber o que está acontecendo, marque uma conversa com a professora, depois com a coordenadora pedagógica se as queixas persistirem.


Se você costuma deixar seu filho/filha na porta da escola, mude seu comportamento e chegue uns 20 minutos mais cedo, estacione e entre na escola, se despeça do seu filho mas fique por perto para observar seu comportamento e dos colegas. Não espere, aja! Peça ajuda caso não saiba o que fazer.


O que é Bullying ?


É um conjunto de comportamentos agressivos, intencionais e repetitivos que são adotados por um ou mais alunos contra outros colegas, sem motivação evidente.


Em princípio, pode parecer uma simples brincadeira, mas não deve ser visto desta forma.

A agressão moral, verbal e até corporal sofrida pelos alunos, provoca dor, angústia e sofrimento na vítima da "brincadeira" feita, que pode entrar em depressão.