28 de set de 2012

Dois Corações contra Um Milhão dos Coronéis.

O que vem acontecendo em nossa política, um fator predominante no mundo dos Coronéis, que querem chagar ao poder comprando uma eleição, com seu poder econômico.
 O poder econômico tem sido uma arma a favor dos grandes Coronéis durante o período eleitoral, eles aparecem com a cara lavada de sempre e, época de eleições, com um único propósito: vencer a eleição custe o que custar, para favorecer seus interesses e os interesses de meia dúzia de loteadores financiadores de campanha política, e a imprensa que não pode ser golpista.
 O político honesto, com boas intenções e com um passado totalmente limpo e compromissado com a verdade, acaba sendo prejudicado pela atitude antidemocrática dos Coronéis do dinheiro. 
Mas todo cidadão consciente que se preocupa com o progresso de sua cidade e o fim da corrupção, deve sintonizar os seus batimentos em prol dos princípios éticos e morais de encontro ao bom convívio e a evolução da coletividade. 
Quando os corações da comunidade menos favorecida ou não baterem juntos - não há quantia de dinheiro nenhum, nem vantagens futuras que compre o seu voto. 
E,  sendo assim, a saúde; a educação; a segurança; limpeza e saneamento básico agradecem o dever da sua honestidade e hombridade. Não venda seu voto, seja inteligente, não se prostitua na ciranda da corrupção.
 Mais do que ser Homem... Seja digno e seja íntegro e pense no futuro de sua cidade.

FESTA E ALEGRIA


24 de set de 2012

Prédio Público ainda continua abandonado.

O prédio onde funcionava á antiga Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), Primeiro Distrito Policial, ainda se encontra abandonado.



23 de set de 2012

SÉRGIO DE MELLO E O TRIBUTO AOS GRANDES LÍDERES DO PASSADO


Ministério Público questiona mais uma pesquisa realizada pelo Instituto Realidade S/C Ltda


O Ministério Público Eleitoral (MPE) apresentou mais um recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o objetivo de multar o Instituto de Pesquisa Realidade S/C Ltda por divulgação de pesquisa realizada em desacordo com a Lei 9.504 /97.
O primeiro recurso chegou ao TSE na semana passada e o MPE alegava que pesquisa feita em Tambaú (SP) foi realizada sem o prévio registro na Justiça Eleitoral e o questionário utilizado pelo instituto "se mostrou inadequado por não propiciar a identificação da amostra colhida", uma vez que deixou de observar as informações como sexo, idade, grau de instrução, nível econômico e margem de erro.
Esse novo recurso aponta falhas semelhantes sendo que desta vez a pesquisa foi realizada no município de Descalvado (SP).
O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) não aceitou o pedido do Ministério Público para multar o instituto, o que gerou o recurso no TSE.
O argumento é de que as irregularidades comprometem a pesquisa e conferem a ela a característica de enquete e não de pesquisa eleitoral. Sustenta também que o Tribunal Regional não analisou todos os elementos de provas produzidos nos autos e pede ao TSE que faça a "merecida valoração" das provas.
O relator dos recursos é o ministro Fernando Gonçalves.
Fonte: http://tse.jusbrasil.com.br/noticias/882591/ministerio-publico-questiona-mais-uma-pesquisa-realizada-pelo-instituto-realidade-s-c-ltda

19 de set de 2012

SERGIO MELLO conquistou por duas vezes o PRÊMIO PREFEITO EMPREENDEDOR!

O "Prêmio SEBRAE-SP Prefeito Empreendedor" é uma das mais importantes premiações em reconhecimento a atuação dos Prefeitos do estado de São Paulo.


18 de set de 2012

Exclusivo – Notícias de Guaíra/SP

Não deixe de ler essa matéria no: http://pt.calameo.com/read/0014734967acad478243a

Por falta de fiscalização dos órgãos competentes, Quadra se encontra destruída, na periferia de Guaíra/SP.

Por falta de fiscalização dos órgãos competentes, está sendo notório a falta de comprometimento da administração do Prefeito José Carlos Augusto (DEM), com os moradores do Bairro Gabriel Garcia Leal, o Guaíra E; com podemos ver nas fotos, passaram apenas um cal na Quadra, mas não reformaram, neste periodo eleitoral. Contudo a Quadra do Bairro continua destruída por falta de investimentos e manutenção, os moradores do Bairro, não tem como praticar esporte, sobretudo, ás crianças sem a prática esportiva, ficam na rua abandonadas sem ter o que fazer, nas tardes de todos os dias.



17 de set de 2012

Hoje Comício no Balneário.

Hoje você não pode perder o grande Comício, que acontecerá ás 20h00 no Balneário, vá e leve toda família para ouvir as propostas do Candidato Sérgio de Mello e seu vice Denir Barulho. Durante o comício acontecerá o grande lançamento do projeto – AGUAIRA- Água Mineral, da época do saudoso Dr. Fábio Talarico, entre outros projetos de Sérgio de Mello e Denir Barulho, que será lançado hoje á noite. Você ainda vai ficar em casa?


16 de set de 2012

O vídeo "O que vi da vida pública", no youtube - extrapola o número de acessos

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A imprensa destila seu veneno

Com os olhos BEM abertos estamos assistindo a imprensa destilar seu veneno. Uma imprensa tragada pela imoralidade que no seu cotidiano imundo – incorpora uma junção com um partido político manchado pela corrupção. A imprensa goteja palavras de
arrogância, uma imprensa que é um espinho venenoso que fere o que há de mais nobre na ética jornalística. Quem deveria combater á corrupção, infelizmente esta caminha ao lado da corrupção, e não há nada a fazer a não ser: quem sabe um marco regulatório, para pôr fim aos monopólios de algumas famílias que detém o poder da informação manipulada a um determinado grupo político.
O eco da imprensa corrupta, sem dúvida alegra os grandes loteadores, financiadores de campanha política e os porcos que vive a custa do dinheiro público. Essa estratégia montada pela manipulação da imprensa mercenária, não faz parte do convívio da comunidade menos favorecida, mas ao mesmo tempo, de braços cruzado permitimos que esse abominável fato aconteça diante de nossos olhos.


11 de set de 2012

Sobre as Casas

Quem te viu, quem te vê - Parte II

Existe uma classe de eleitores muito inteligente.


Está aproximando o grande momento de nossas vidas, vivenciaremos um ato nobre que nada mais é: o direito de escolhermos nossos governantes mais uma vez, e acendermos a luz no final do túnel.
Entretanto nós cidadãos de BEM nesta época de eleições municipais, não podemos esquecer que temos uma grande força que é o nosso voto, e com ele podemos, no entanto, excluir os maus políticos da nossa política, e colocarmos pessoas comprometidas com o desenvolvimento da cidade.
Na hora de votar é preciso que o cidadão, bem antes de apertar a tecla da verdade, avalie a postura de seu possível candidato, bem como todo o sistema que envolve o desenvolvimento de sua cidade nos próximos quatro anos.
O jogo que envolve a política no âmbito municipal está sendo uma estratégia BEM montada pelos inscientes que usam seu poder econômico e sua postura Coronelista, para ludibriar a classe menos favorecida, colocando placas pelos quatros cantos da cidade, com sua imagem de bom moço, de família tradicional, mas é puro desejo de alcançar o poder a todo custo, para atender seus anseios e a classe de loteadores; tudo é possível a esse ser inservível, quando se trata de enganar as pessoas. A sede pelo poder é abominável!
Hoje temos uma classe de eleitores inteligentes que sabe definir esse tipo de candidatos, que só aparece em épocas de eleições, usando de seu poder econômico e sua conduta Coronelista, com um único propósito: chegar ao poder a todo custo. Falando nisto: em sua cidade, existe alguém assim?


Quem te viu, quem te vê - Parte I

10 de set de 2012

Venha participara da festa DEMOCRATICA dos candidatos a prefeito Sérgio de Mello e seu vice Denir Barulho. Compareça Família Guairense, para ouvir as propostas dos candidatos Sérgio de Mello e Denir Barulho.

Teatro de Arena foi Soterrado. E agora Zé Carlos?


Senhoras e senhores! Com vocês o grande ilusionista David Copperfield em Guaíra-SP única apresentação! No teatro de arena!... Quem sabe se tirar aquela terra toda?
Por Lucas Benedito Saraiva Leite, nas redes sociais ( Grupo Coligação Juntos Pela Verdade)

7 de set de 2012

Se não fosse "os amigos" nem poderia ser candidato em 2008. Verdade ou mentira!?

Momento de Reflexão:


Jô Costa é absolvido por votação unânime.

A JUSTIÇA TARDA, MAS NÃO FALHA.
Valeu a espera Jô Costa... Neste 7 de setembro, comemore muito sua ABSOLVIÇÃO pelo Tribunal de Justiça, em VOTAÇÃO UNÂNIME, anteontem.
A VERDADE LIBERTA.

Partes do Processo:
Apelante: Sebastiao Josue Raimundo da Costa
Advogado: Valdemir Fernandes da Silva
Apelado: Ministério Público do Estado de São Paulo
Movimentações:
05/09/2012 Expedido Ofício
Comunicado o Julgamento Criminal.
04/09/2012 Provimento
04/09/2012 Julgado
Deram provimento ao recurso de SEBASTIÃO JOSUÉ RAIMUNDO DA COSTA para ABSOLVÊ-LO da imputação que lhe foi feita de infração ao artigo 10, caput, da Lei 9.296/96, com base no artigo 386, inciso II, do Código de Processo Penal. V.U.

É hoje o Passeio pela Paz!


6 de set de 2012

Reginaldo Izaias a força da comunidade Negra - em Guaíra/SP

Você não pode deixar de comparecer hoje no grande Comício da Independência, que terá a ilustre presenças do Deputado Federal, Ricardo Berzoini

É hoje o Comício da Independência, ás 20 hs, no final da Avenida 21, no Bairro João Vaccaro, venha prestigiar a ilustre presença do Deputado Federal e ex-ministro do Trabalho e da Previdência Ricardo Berzoini (PT/SP), Vá e leve sua família e ouça as propostas que fará a diferença na vida do município, no futuro.

Momento mandrake com a esperança popular.

Dá série o rocambole das falácias com recheio de gente ludibriada por promessas mirabolantes, pediram seu voto de confiança, dizendo que em um ano, nove meses e quinze dia teria feito muito num passado não tão distante assim. Mas que se tivesse a oportunidade de 4 anos iriam fazer tudo que tinha no plano de governo. Passou 3 anos e nem o uniforme escolar deram conta de fazer. Passou 3 anos e nada de câmeras de segurança, clínica da mulher, clínica da criança, internet gratuita para toda cidade com alta velocidade e qualidade... Casas populares só as que o ex-prefeito Sergio de Mello deixou para dar sequência... Se não fosse isso, nem 32 casas teriam. O que vale lembrar do compromisso num jornalzinho que continha o plano de governo da turma do Bem... Que também tinha o compromisso com o funcionalismo público para que os mesmos tivesse também o seu sonho da casa própria. Chegando ao absurdo de conter que a prefeitura iria ajudar ao ponto de financiar tal sonho. Uai!? Virou banco!? Mas vai ver que para alguns o paço não passa de um grande banco público. E como o público não fiscaliza... Ai está o grande erro do povo depois do voto obrigatório. Pena que fiscalizar não é obrigatório. E eles contam com a sua não fiscalização... Mas o povo tem o seu futebol, festas e o carnaval todos os anos. Ainda bem que não prometeram isso, pois já existe.

Juntos pela verdade e a força dos apoiadores.

5 de set de 2012

ONU denuncia aumento da violência contra jornalistas

A ONU denuncia o "aumento drástico" da violência contra jornalistas na América Latina, especialmente no Brasil, e apela para que governos tomem medidas urgentes para lidar com a situação. O alerta foi feito pela alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Navi Pillay, que ontem apresentou sua avaliação completa das violações no mundo no primeiro semestre do ano.

Entre crimes na Síria, Paquistão e Sudão, a comissária optou por destacar a situação crítica que vivem os jornalistas nos países latino-americanos. "O aumento dramático na violência contra jornalistas em vários países na América Latina nos últimos meses é preocupante", afirmou, na abertura da 20.ª reunião do Conselho de Direitos Humanos da ONU. "Alguns governos enfrentam dificuldades para oferecer aos jornalistas proteção", disse.

A ONU tem acompanhado a situação brasileira, que classifica como "preocupante". No fim de abril, a entidade declarou-se "alarmada" pelo número de jornalistas executados no Brasil este ano e cobrou "medidas imediatas" do governo para garantir proteção. A declaração foi feita depois que o jornalista Décio Sá, de 42 anos, foi assassinado no Maranhão. Ele foi a quarta vítima entre jornalistas em apenas quatro meses, o que coloca o Brasil como um dos líderes no número de mortes na América Latina.

"Nós estamos alarmados com o fato de que mais um jornalista foi morto no Brasil neste ano", declarou na época Rupert Colville, porta-voz do Escritório da ONU para Direitos Humanos, com sede em Genebra. Mas a entidade insiste que o que mais a preocupa não é apenas o caso de Sá, mas a sequência de mortes. "Nós condenamos o assassinato de Décio Sá e estamos preocupados que essa tendência mine o exercício da liberdade de expressão no País", declarou Colville.

No alerta de ontem, a comissária destacou ainda a situação no México, onde seis jornalistas foram mortos em apenas 30 dias entre abril e maio deste ano.

A ONU apelou para que o caso do Maranhão e as demais mortes e ameaças contra jornalistas em 2012 sejam alvo de uma investigação aprofundada. A entidade, inclusive, fez uma cobrança clara ao governo brasileiro, exigiu medidas de proteção para prevenir novos incidentes. Na avaliação das Nações Unidas, a defesa da liberdade de expressão é um dos pilares da democracia.
Fonte: http://www.estadao.com.br/noticias/impresso,onu-denuncia-aumento-da-violencia-contra-jornalistas-,888172,0.htm

4 de set de 2012

Passeio pela Paz!


Sindicato protesta contra agressão a jornalista em Guaíra e pede providências


Mais uma vez jornalistas são alvo da ação de marginais que, no intuito de calar a imprensa, agem com truculência e agressividade, ameaçando a integridade física e moral daqueles cuja função é produzir notícias e efetuar cobertura do cotidiano de uma cidade.

A vítima da vez foi a diretora do semanal “O Jornal” da cidade de Guaíra, no interior paulista (região de Ribeirão Preto), Monize Taniguti. Ela foi agredida na manhã do último sábado, dia 1º na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), quando transportava em seu veículo 5 mil exemplares do jornal de sua propriedade.

Ela foi cercada na rodovia por dois veículos, que a fizeram parar no acostamento. Um dos homens desceu armado e assumiu a direção, a levando para um canavial próximo, onde foi obrigada a se ajoelhar. A jornalista também afirmou que, durante toda a ação, sofreu agressões e ameaças. Eles não roubaram seus pertences pessoais. Apenas abriram o porta-malas e recolheram os jornais, colocando-os em outro veículo. A jornalista ficou com muitos hematomas nos braços e pernas.


NOTA OFICIAL

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado de São Paulo tem denunciado para os órgãos competentes a violência que se tem praticado contra os jornalistas. Só neste ano, sem que nenhum caso tenha sido efetivamente elucidado pelas autoridades, já foram registrados atentados contra a liberdade de imprensa na Capital, em Guarulhos, Santa Bárbara D´Oeste e agora com Monize Taniguti, em Guaíra. Impedir o trabalho da imprensa por meios violentos se caracteriza como uma vil censura, atentado ao direito de expressão e do direito ao trabalho do jornalista.

Atitudes como esta, ocorrida com Monize, precisam ser investigadas e punidas. A impunidade é motor que alimenta este tipo de ação de marginais que, certamente, não agem por conta própria, mas sim a mando de pessoas incomodadas com as notícias que são veiculadas na imprensa. O Sindicato exige que as autoridades policiais dêem todas as salvaguardas e garantias para que a jornalista possa exercer suas atividades e apurem todos os atentados que vitimaram a liberdade de imprensa.
Basta de violência! Chega de Impunidade!
Fonte: http://www.sjsp.org.br

Caso Monize Taniguti é destaque na TV Record

3 de set de 2012

Monize Taniguti é entrevistada ao vivo no SBT NOTICIDADE.

CHORO COM RAIVA MARCOU PRONUNCIAMENTO HOJE DE MONIZE TANIGUTI NA RÁDIO ALTERNATIVA. JORNALISTA AFIRMOU QUE CRIME É POLÍTICO


Foto- http://www.barrapesada.com.br

A jornalista Monize Taniguti, sequestrada e espancada por fazer denúncias contra o governo guairense, deu depoimento comovente no final da manhã de hoje,durante o jornal da Alternativa, radiojornal que ela apresenta na emissora. No momento em que relatava os tapas que levou no rosto Monize chorou de raiva e, corajosa, declarou: "foi um crime político que não me intimidou; continuarei investigando a prefeitura". O telefone da emissora não parava de tocar com ouvintes querendo entrar ao vivo e declarar seu repúdio ao crime político.
Fonte da Matéria: Facebook do Conrado Vitali

FISCAIS DA PREFEITURA AMEAÇAM MONIZE. JAPONESA, VÁ EM CIMA DO EDVALDO, DA TRIBUTAÇÃO, E PERGUNTE A ELE SE O ZÉ REINALDO ESTÁ POR TRÁS DISSO

Por Conrado Vitali, em seu blog:
Invasão da Folha de São Paulo por fiscais da receita federal no início dos anos 90 por determinação do presidente Fernando Collor. Na época o jornal denunciava corrupção endêmica de seu governo. A história de repete em Guaíra em mais uma idéia "brilhante" dos estúpidos do Paço Muncipal que acham que podem calar a imprensa. Vá pra cima deles Monize, sem medo. Não se intimide.

A quinta-feira,28, começou em Guaíra com uma imagem clássica da perseguição e terrorismo que caracterizam os governos totalitários. Por volta das 9h30 desta quinta fiscais tributários do Governo José Carlos Augusto bateram à porta da casa da jornalista Monize Taniguti, endereço-sede do novo O JORNAL, o orgão de imprensa que está desnudando as mentiras ligadas ao executivo. Sob o pretexto de uma fiscalização de rotina, os prepostos da ação totalitária exigiram uma série de documentos relacinados ao jornal de Monize. A ação, digna de ditadores desesperados pelos descobertas e denúncias da imprensa livre, lembra quando o presidente Fernando Collor de Mello mandou a receita federal, no início dos anos 90, invadir a Folha de São Paulo, jornal que denunciou a corrupção endêmica de seu governo. Pouco depois Collor cairia derrubado pelos escândalos revelados por orgãos de imprensa independentes, entre os quais a inesquecível e heróica Folha de São Paulo. Não se intimide Monize. Vá em cima do chefe do Setor de Tributação e grave entrevista pergutando a ele se isso é uma ação intimidatória do poder executivo. Em seguida pergunte se o chefe de gabinete, José Reinaldo dos Santos Júnior, está por trás disso.Deixe-o gaguejar. Depois vá à Polícia e registre boletim de ocorrência por constrangimento provocado por agente público. Me envie o nome do fiscal, vou revelar para toda a população quem está, no exercício de suas funções públicas, a serviço de uma causa política; a serviço do objetivo espúrio e gângster de calar a imprensa.

Fonte: http://conradovitali.blogspot.com.br

MONIZE TANIGUTI ENTRA AO VIVO HOJE NO SBT, 12:30H

Foto - g1.globo.com
O Sistema Brasileiro de Televisão - SBT - procurou a jornalista Monize Taniguti, para que conceda uma entrevista ao vivo a partir das 12:30h para falar do seqüestro seguido de torturas que sofreu no último sábado (01/09).
Monize explicará em detalhes, e ao vivo, o caso mais hediondo de crime contra a Liberdade de Imprensa na história de 80 anos de Guaíra/SP. A jornalista vai falar sobre o seqüestro e sobre os 5 mil exemplares que foram roubados durante a ação criminosa.

2 de set de 2012

FOLHA DE SÃO PAULO ACABA DE REPERCUTIR O CASO MONIZE. SEQUESTRO DA JORNALISTA CHEGA AO JORNAL MAIS IMPORTANTE DO PAÍS

http://www1.folha.uol.com.br

Sérgio de Mello se emociona e abraça forte a Jornalista, Monize Taniguti, após o seqüestro seguido de torturas

Sérgio de Mello se emociona e abraça forte a Jornalista, Monize Taniguti, após ela ser seqüestrada e torturada em um canavial, na manhã de sábado (1º). Sérgio de Mello repudiou veemente a violência que ocorreu com a Jornalista, em nosso município e, ao mesmo tempo, como pai de família, prestou solidariedade a família da Jornalista.

Diretora de jornal é agredida em canavial de Guaíra/ SP

Suspeitos roubaram 5 mil exemplares que seriam distribuídos neste sábado.
Monize Taniguti alega que caso tem relação com denúncias políticas.


A diretora do semanal “O Jornal” de Guaíra (SP), Menize Taniguti, de 30 anos, foi agredida na manhã deste sábado (1º) na Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), quando transportava 5 mil exemplares que haviam sido impressos em Barretos (SP). O bando teria espancado a jornalista e roubado todos os jornais, que seriam distribuídos neste final de semana.

Monize contou que os suspeitos estavam em dois carros e a cercaram ainda na rodovia, ordenando que parasse o veículo no acostamento. Um dos homens, que estava armado, teria assumido a direção e obrigado a jornalista a tomar um comprimido. “Eu fiquei muito nervosa porque ele me batia no braço e no rosto o tempo todo e, aos poucos, fui ficando tonta e sem forças”, afirmou.

A quadrilha teria levado Monize até um canavial, onde fizeram com que descesse do carro e se ajoelhasse. Ela disse ter permanecido nessa posição enquanto os suspeitos recolhiam os jornais que estavam no porta-malas do carro dela e os colocavam em outro veículo. A jornalista também afirmou que, durante toda a ação, sofreu agressões e ameaças.


Por telefone, Monize disse acreditar que o atentado tem relação com denúncias políticas que vem publicando nos últimos cinco meses, desde que assumiu a direção do jornal. “Eles me batiam, xingavam e diziam: 'Isso é para você aprender, para ver com quem você está mexendo. Abre seu olho'”, relatou.

Polícia
O caso foi registrado na delegacia de Guaíra como roubo seguido de agressão. O escrivão Luiz Valério confirmou o relato da vítima, mas disse que ainda não há suspeitos. As investigações devem começar na próxima segunda-feira (3).



Fonte :http://g1.globo.com

NOTÍCIAS DO NOVO “O JORNAL” DESTA SEMANA - DENÚNCIA DE FRAUDE PODE ANULAR ELEIÇÕES REALIZADAS NO SINDICATO DOS SERVIDORES


Acompanhe a matéria no: http://pt.calameo.com/read/001635807ac1b7b40aa34

Após o seqüestro a imagem da tortura sofrida pela Diretora e Proprietário do “Novo O Jornal”, Monize Taniguti, em Guaíra/SP.

Imagem retirada das redes sociais.

1 de set de 2012

Índice Firjan sinalizou Zé Carlos reage, mas erra.


O índice Firjan que afere o desenvolvimentos dos 5.564 municípios brasileiros sinalizou uma queda brusca, no ano de 2009, inicio da administração Coligação União e Progresso, no entanto, após Zé Carlos assumir o Paço Municipal, Zé Carlos tentou silenciar diante da esmagadora queda detectada pelo índice Firjan.
Com um governo pacato e com uma folha de pagamento inchada que passa os 50% do orçamento municipal e com um fraco poder de investimento no município, Zé Carlos, não esperava receber essa triste notícia, já no final de seu mandato, mas antes de mencionarmos essa triste queda aferida pelo Índice Firjan que o município sofreu no governo de Zé Carlos, vamos relembrar o passado, para que nós possamos juntos avaliar o governo do Zé Carlos, nestes quase quatro anos de gestão.
Em 2008 Guaíra estava em uma posição vantajosa, em relação as grandes cidade, Guaíra alcançou um fato inédito na história do município, o 4º lugar, no índice Firjan, nuca antes na história do município, Guaíra tinha alcançado uma posição tão confortável, no índice Firjan.
Segundo índice aferido pelo Firjan, em 2009, na administração do prefeito Zé Carlos, o município atingiu uma queda brusca, que levou Guaíra a despencar de 4º lugar, em 2008, para a 177º, em 2009, posição no ranking, segundo índice Firjan, fato que deixo Zé Calos e a família guairense muito assustada.
Zé Carlos depois da queda brusca que Guaíra sofreu no índice Firjan, Zé Carlos tenta reagir, nos três últimos meses de seu mandato, fazendo pequenas obras pela cidade, em plena época de eleições, para tentar levantar a posição do município no Índice Firjan nos próximos anos.
Com pequenas obras sendo levantadas em tempo relâmpago, Zé Carlos pode estar comprometendo o orçamento municipal, para o ano seguinte a prefeitura ficará em uma situação desconfortável, porém, o próximo Prefeito que irá assumir o Paço Municipal, em 2013 terá uma árdua tarefa, que é tirar o município da vergonhosa zona de rebaixamento, conforme dados aferido pelo índice Firjan.
Talvez se Zé Carlos tivesse sido mais humilde e delegado poderes a seu Vice-Prefeito, ele teria saído do anonimato no início da administração, e ajudado á administração a sair dessa vergonha colocação que está hoje no índice Firjan na 177º posição.

Basta de Violência!

Por Lucas Benedito Saraiva Leite, nas redes sociais.
Em vista deste infeliz acontecimento. Informo a todos do presente grupo que conhecem e são sabedores da minha luta. Que já recebi ligação no meu celular, dizendo pra ficar calado e não se meter com a cidade de Guaíra - SP. Como já havia postado no presente grupo, nesta presente data, sobre uma gravação que está distribuída para algumas pessoas de minha total confiança, caso aconteça algo que venha por em risco a minha integridade física. Estranhamente, os fatos acontecidos me faz pensar no seguinte: Todo cuidado é pouco! Como uma pessoa inteligente. Estarei acompanhando os acontecimentos. E não adianta tentar calar a minha voz, ou apagar as minhas palavras, vídeos ou áudios. Não vão! A verdade irá vir à tona de um jeito ou de outro. E isso é inevitável! O tempo da mentira está se esgotando! E o tempo do medo e do pânico também está. Mais do que nunca meu contato com o presente canal será a forma e maneira de dizer aos meus amigos que nada sofri. Pois nem de longe se quer tive um aranhão no que chamo de caráter. E querendo ou não, existem mais pessoas com essa dignidade, coragem, força e fé na busca pura e simples da verdade dos fatos. CHEGA!

NOTÍCIA DE GUAÍRA/SP - PREFEITURA JÁ GASTOU QUASE R$ 2 MILHÕES ENTRE DOAÇÃO DA ÁREA E REFORMA PARA FACUDADE PARTICULAR


JORNALISTA PASSOU MAL DEPOIS DAS AGRESSÕES

Por Conrado Vitali, nas redes sociais.
A sessão de tortura e humilhação a que Monize foi submetida durante o sequestro-relâmpago por meio do qual criminosos levaram todas as edições do novo o jornal que circularia hoje de manhã tem mais uma informação. Monize, sozinha no meio do canavial, passou mal e vomitou muito. Eu recebi sua ligação quando ela ainda estava no canavial, mais calma e refeita depois da chegada do esposo Vinícius. Naquele momento, enquanto ela falava comigo por telefone, Vinícius, auxiliado por um amigo, procurava a chave do carro de Monize no meio dos pés de cana.

Jornalista Monize Taniguti é seqüestrada e sofre torturas, em Guaíra/SP .

Um atentado como este sofrido pela Jornalista Monize Taniguti fere a Liberdade de Expressão da imprensa guairense. Hoje foi a Jornalista, Monize, amanhã qual será a próxima imprensa a ser vítima de canalhas com estes, que tenta de forma Coronelista calar a imprensa, se partiram para a agressão contra uma mãe de família, é porque tem algo a esconder. É muito importante, independente de partido político, todos devem repudiar esse ato covarde e criminoso, se queremos viver em uma sociedade pacífica. A Jornalista Monize Taniguti já fez o exame de corpo delito no pronto Socorro Municípal, e, em seguida, o Boletim de Ocorrência (BO). Os criminosos agrediram a Jornalistas com socos no rosto e ponta pés pelo corpo, e ainda, levaram todos exemplares do novo “O Jornal”, deixando-a no meio de um canavial.

Momento de Reflexão:

Por Lucas Benedito Sarava Leite, nas redes sociais
Farão o seguinte: 400 casas, internet gratuita de alta velocidade e qualidade, batalhão especial para polícia municipal, câmeras de segurança, programa remédio em casa, clínica da mulher, clínica da criança... Não satisfeitos, não doam o terreno na sua totalidade para APAE de Guaíra-SP... Depois dizem que irá construir 800 casas no programa habita Guaíra dia 15 julho de 2011. Descaso com os próprios públicos, abandonam a delegacia da mulher, abandonam creches em frente o Balneário... Abandonam a periferia, praças e quadras, pagam programas em rádios comunitárias o que é irregular, residencial Taís 1 e 2, permite que diretor de autarquia agrida covardemente cidadão de bem em plena luz do dia e nada é nada é feito, deixando a população revoltada e vivendo em pleno medo. E ainda dão direito de resposta dizendo que viu familiares chorando... Queria lembrá-lo de olhar mais para o povo que está chorando mais de 3 anos pelo descaso que vem sofrendo... Lembrá-lo da moça Flávia que quase foi dividida ao meio por uma hélice de um trator da prefeitura, atleta Lessiana Freitas que inclusive está procurando na justiça os seus direitos e esteve aqui relatando os fatos e o sofrimento que vem passando com praticamente nada de ajuda. Na oportunidade informa que enviei uma gravação para várias pessoas de minha confiança, tal gravação é reveladora de como realmente agem o pessoal que se diz do "bem". Caso aconteça algo com minha integridade física que todos saibam que não adianta me calar pela força. A verdade nos libertará dessa ditadura. Desse terrorismo que vem sofrendo a população, que vive coagida sob o medo. Medo de não receber cestas básicas, medicamentos, atendimentos etc. E tenho a íntegra de tal gravação reveladora. Parar de olhar só para o próprio umbigo e ver que a população tb tem gente chorando e sofrendo puro descaso. As perseguições e a covardia de gente que agem desta forma para com o povo tem que acabar e o único jeito é mostrando a verdade como ela realmente é. Sem máscaras, sem falsidades, sem mentiras e principalmente sem o medo assolando o bem mais precioso que uma cidade pode ter a sua população em todos os sentidos.